Eyvind Kang & Jessika Kenney

Hélder Costa

EYVIND KANG & JESSIKA KENNEY
OPORTO GALLERY HOSTEL, PORTO (Rua Miguel Bombarda, 222)
23 DE JULHO, SEGUNDA
PORTAS 21H30
INÍCIO 22H00
3€ (à porta)
Co-Produção: Amplificasom & Soopa

Myspace Eyvind Kang · Site Jessika Kenney · Facebook Eyvind Kang · Facebook Jessika Kenney · Entrevista à Paradigm (2012) · Eyvind Kang fala à Wire sobre o seu envolvimento no Monoliths & Dimensions dos Sunn O))) · Entrevista Pitchfork

Este compositor americano e multi-instrumentista, tem sido requisitado para trabalhar com nomes como Mike Patton, Mr. Bungle, Sunn O))), Animal Collective, Sun City Girls, Laurie Anderson, Blonde Redhead ou Bill Frisell. Consensual para muitos, enigmático para outros, a verdade é que os seus discos nem sempre têm sido fáceis de catalogar – temos que estar preparados para viagens sonoras que vão desde o Jazz, à música Ambiental ou à Folk de vários locais do Mundo. Este universalismo/exotismo musical, levou-o, por exemplo, a ser convidado para compor ao lado da trupe Secret Chiefs 3. O seu instrumento de eleição tem sido o violino, mas as suas composições vão muito para além disso, são várias as dimensões, instrumentos e emoções. Algumas vezes dissonante, mas sem dúvida um músico exímio e ambicioso na expressão de diferentes culturas e tradições.

O percurso de Jessika Kenney abrange tanto as tradições como o experimentalismo moderno – prova disso é a sua formação que partiu dos sons tradicionais da música persa e também da música de Java (música dos gamelões), para se vir a entregar de corpo e alma a alguns dos projectos mais marcantes da música experimental dos últimos anos, sejam os discos de Sunn O))), Wolves in the Throne Room ou Asva. Gravou inclusive com Eyvind Kang (Aestuarium), num ambicioso exercício de texturas minimais e ambientais. A sua voz é o seu instrumento, levando o corpo ao encontro do imaterialismo – etérea e emocional.

O casal subirá ao palco do Oporto Gallery Hostel para uma noite intimista e certamente uma das mais especiais do ano.

Ver:

Ouvir:

Imprensa/ comentários:
“Aestuarium is a work of delicate beauty, as pristine as the surface of a lake at dawn on a summer’s morning.” in The Quietus

“Amongst many other amazing pieces Jessika & Eyvind collaborated on SUNN O)))’s “Monoliths & Dimensions” album, Jessika leading the choir on the piece “Big Church” and Eyvind composing the acoustic arrangements for “Big Church” & “Alice”. I learned an immense amount about music through these collaborations, specifically the idea of Spectral music through research and discussion/reference points of composers such as Grisey and Murail. Aestuarium is a beautiful piece of minimalist spectral music which has brought great pleasure to my ears over the years.” Stephen O’Malley

Outras passagens da Amplificasom pelo Oporto Gallery Hostel:
Matana Roberts
THISQUIETARMY

Mais info: amplificasom@gmail.com
Imprensa: press@amplificasom.com