TRIPS à moda do Porto

João Guedes

TRIPS à moda do Porto
28/04/2013, DOMINGO
PORTAS 20H
PROCESS OF GUILT – PLANO B 21H
TORTO – CAFÉ AU LAIT 22H
NÜ SENSAE – PLANO B 23H

30/04/2013, TERÇA (véspera de feriado)
PORTAS 20h
BLACK BOMBAIM – PLANO B 21H
TOM CARTER (Charalambides) – CAFÉ AU LAIT 22H
ENDLESS BOOGIE – PLANO B 23H

As melhores refeições são aquelas que nos deixam satisfeitos e que preenchem todas (ou a grande maioria) as categorias da roda dos alimentos. No TRIPS à Moda do Porto, as proteínas substituem-se por música. Aqui, uma alimentação equilibrada é composta, no mesmo prato, por stoner, doom, post-punk, psicadélia ou, simplificando, por tudo aquilo que nos passa pela cabeça e pelas veias durante seis concertos em dois dias.

Por isso, quase cinco anos depois, a Amplificasom e a Lovers & Lollypops voltam a juntar-se para a segunda edição do TRIPS. Tripemos, então, pois claro: a 28 e 30 de Abril, o Plano B e o Café Au Lait recebem as presenças de Tom Carter, Nü Sensae, Endless Boogie, Process of Guilt, Black Bombaim e Torto. A ideia é oscilar entre as ruas Cândido dos Reis e Galerias de Paris, descobrindo, sem medos, o que de mais novo por aí anda, ao mesmo tempo em que damos de caras (finalmente!) com aquele concerto pelo qual há tanto aguardávamos. Sempre no Porto, claro.

Os bilhetes diários custam 10€ e o maravilhoso passe para ambos os dias 15€. Já estão à venda na AMPLISTORE, através do e-mail orders@loversandlollypops.net e nas lojas de discos Jojo’s/ Cdgo.com, Louie Louie, Piranha e Matéria Prima.

Evento no Facebook

As expectativas eram muitas para esta noite. Tantas que até a televisão decidiu dar um ar da sua graça. O festim, com nome inventado por colaborador cá da casa após concurso lançado em jeito de passatempo, assumia a Rua Passos Manuel como ponto de encontro de sonoridades distintas e algo periféricas. O Passos Manuel recebia a folk ou a folk do passado e o Maus Hábitos recebiam o rock. Tudo o que a organização pedia era que os possuidores do bilhete passassem a rua assim que as celebrações terminassem num lado – com o cuidado necessário, claro está – para que a festa continuasse no outro. O Porto com gente na rua – e é cada vez mais – é algo bonito de se ver.
in Bodyspace, 2008

Pedro Almeida

Os eborenses Process of Guilt, editado o mais recente e magistralmente executado FÆMIN, passaram a dispensar localização geográfica. Reduzir os Process of Guilt ao Alentejo, a Portugal ou à Europa é retirar-lhes o mérito de uma carreira em crescendo constante, que tem no novo álbum a afirmação e confirmação do seu talento enquanto doomsters demolidores. Aliás, nesta que será a última data de uma tour europeia que passará por cidades como Berlim ou eventos como o Roadburn, não prometemos que reste alguma coisa do Plano B depois de “Harvest” se fazer ouvir na cave.
Site · Facebook

Dizer que os Torto são direitos pode parecer uma brincadeira. Mas não é. Este trio – formado pelo ex-Zen Jorge Coelho, Jorge Queijo e Miguel Ramos – é metódico e cirúrgico na relação entre o espaço físico e o som das cordas e da percussão. O poder de uma guitarra, uma bateria cerebral, um baixo que grita “Porto”. Que, se virmos bem, até rima com Porto. Um Porto cinzento, mas esperançoso e bonito.
Facebook

Gordon Nicholas

Se algum dia vos disserem que o punk é uma questão de fórmulas, não acreditem. De tão reles que é, essa mentira não serve sequer como má desculpa para justificar os pregos ou os danos causados nos tímpanos pelos Nü Sensae. Não que a banda norte-americana seja toda defeitos, mas antes porque a atitude fala por si: são ruidosos, incontroláveis e doutos de uma energia juvenil que joga segundo a única regra do hardcore e do punk – não ter uma única regra. No fundo, ninguém sabe o que pode acontecer durante um concerto do trio de Vancouver, mas nós arriscamos dizer que se vão pintar paredes com suor. Ao som de Sundowning, o disco de estreia, editado durante o ano passado pela Suicide Squeeze, tudo é possível, mas os Nü Sensae garantem sempre um festão mínimo.
Site · Facebook

Já não há muito que se possa escrever sobre os Black Bombaim que quer a imprensa nacional e internacional, quer o público ainda não tenham escrito, sentido e vivenciado. O power-trio barcelense é titânico, não apenas da maneira que o duplo vinil Titans nos mostra, mas também – e sobretudo – nas actuações de volume máximo, nos improvisos e na combinação do melhor que o stoner dopado nos pode oferecer. Por isso, depois das viagens físicas (e espaciais) dos portugueses até ao Roadburn (Tilburg, Holanda) e ao Alchemy At-Zahar (deserto do Saara), celebremos com eles a maravilhosa aceitação do riff como estilo de vida.
Site · Facebook

A carreira de Tom Carter não tem sido nada menos do que bem recheada, ainda que os últimos anos tenham sido muito difíceis, devido a complicações com a sua saúde. Começado o seu percurso com os Charalambides, que formou com a sua companheira Christina Carter no início dos anos 90, o frutuoso caminho de Carter viria desembocar numa aventura a solo, marcada pela solidão da guitarra como única companhia e pela exploração infinita do som. A música de Tom Carter parece, em boa verdade, não ter um limite espacial, nem tampouco física, sendo óbvio que não seria a fragilidade de um corpo a conter uma vontade indelével de expressão.
Site · Kranky

Haverá algum melhor momento da história rock’n’roll – na sua era dourada dos anos 70 –, do que aquele em que a banda deixa o refrão de lado e parte numa viagem, aparentemente sem regresso, pelos perigosos terrenos dos solos da escala pentatónica? Os Endless Boogie acham que não e prolongam esse clímax até ao limite. Até onde ninguém os leva a mal se chutarem um solo de sete minutos, numa espécie de versão Duracell dos ZZ Top circa Rio Grande Mud ou Tres Hombres, com menos cinco centímetros de barba. Com um novo disco em 2013 (Long Island, via No Quarter), os Endless Boggie vêm cá rockar durante a noite toda. Ou, pelo menos, enquanto houver cerveja.
Facebook

+ info: amplificasom@gmail.com
Press: press@amplificasom.com / press@loversandlollypops.net

Comentários

  1. Marta diz:

    Que bela surpresa para o meu dia de anos! :)