Wooden Shjips + Monkey3

Susana Carreiras

WOODEN SHJIPS
MONKEY3
10000 RUSSOS

5/03/2014, QUARTA
HARD CLUB, PORTO
PORTAS 19:30
10000 RUSSOS 20:00-20:30
MONKEY 3 21:00-22:00
WOODEN SHJIPS 22:40-23:40

Bilhetes à venda na AMPLISTORE, last2ticket, Hard Club e nas lojas Louie Louie, Piranha e Matéria Prima: 15€

Evento no Facebook

Pack especial Wooden Shjips + Toxic Holocaust para os concertos no Hard Club!

De São Francisco para Portland, uma coisa que os Wooden Shjips não dispensaram com a mudança foi o groove natural de quem nasce na costa oeste dos Estado Unidos: embrulhado em distorções suaves e melodias tão espacialmente pomposas quanto as de Ray Manzarek, “Back to Land” é a prova de que sensatos sempre foram os que não desistiram da causa rock. Os californianos, agora “radicados” no Estado de Oregon, não baixaram a fasquia com as suas viagens doces pelo universo do fuzz alucinado. Verdades sejam ditas: passaram cerca de seis décadas desde que o rock apareceu, mas nunca os Wooden Shjips demonstraram não se lembrar de como se faz do melhor e mais puro que se quer do género — não foi excepção quando se estrearam em Portugal também pelas mãos da Amplificasom e da Lovers & Lollypops, no primeiro TRIPS à moda do Porto, e não o será no próximo dia 5 de Março, no Hard Club, em mais um esforço AmpLovers ( Site Wooden Shjips · Facebook Wooden Shjips

O alcance do polegar opositor, que faz de nós humanos, é algo difícil de delimitar — da invenção da roda a tudo o que com elas se faz, sabemos da circularidade da evolução e da forma harmoniosa como esta se prolongou aos prazeres auditivos e à sua livre exploração. Há quem consiga delimitar o post-rock a crescendos, mas os Monkey 3, red necks de fu manchu e chapéu de abas, fazem do seu instrumental uma catedral do riff, trabalhando cada ambiência e cada composição com a destreza de quem sabe manejar os seus instrumentos e dominou o seu estádio da evolução. De forma alguma serão mais uma banda, porque ainda está para aparecer quem seja tão sulista no seu pós-rock, e poucos são os que sabem galgar constelações com tal precisão astronómica. Afinal, é certo que é no deserto que melhor se observam os astros. Que é como quem diz: disto sabem, e bem, os Monkey3.
Site Monkey3 · Facebook Monkey3

Os 10 000 Russos são uma das revelações da psicadélia rock portuguesa de 2013. João Pimenta, aka Joca dos ALTO! e dos Green Machine, acrescentou os dotes de bateria ao arsenal de vocalsta num esforço bélico com Pedro Pestana, senhor Tren Go! Soundsystem. O resultado é uma mescla de riffs surf com o toque desregrado do “tudo pode acontecer” do rock dos Fall, aromatizado com o clima épico da História e do humor devido (ou a referência a Demis Roussos parece-vos um acaso?). Em concerto, são uma dupla impossível de reduzir ao número — dois ou dez mil, em palco deixa-se num tento de 110%, como o rock deveria ser sempre.
Bandcamp 10000 Russos · Facebook 10000 Russos · Entrevista Bodyspace

Co-Organização: Amplificasom + Lovers & Lollypops

Press: press@amplificasom.com
+ info: amplificasom@gmail.com