2011: as vossas escolhas

1 – Mastodon – The Hunter
2 – Wolves In The Throne Room – Celestial Lineage
3 – Grails – Deep Politics
4 – Yob – Atma
5 – Altar Of Plagues Mammal
6 – Liturgy –  Aesthetica
7 – Graveyard – Hisingen Blues
8 – Deafheaven – Roads To Judah
9 – Mamiffer – Mare Decendri / Mogwai – Hardcore will never die, but you will
10 – Trap Them – Darker Handcraft
11 – Necro Deathmort – Music Of Bleak Origin
12 – Ulver – War of Roses
13 – True widow – A.H.A.T.H.H.A.F.T.C.T.T.C.O.T.E.
14 – Tombs – Path of Totality
15 – PJ Harvey – Let England Shake
16 – Earth – Angels of Darkness, Demons of Light I
17 – Cave In – White Silence / Hexvessel – Dawnbearer / Omega Massif – Karpatia
18 – Russian Circles – Empros / Subrosa – No Help For The Mighty Ones
19 – Barn Owl – Lost in the Glare
20 – Opeth – Heritage

Comentários

Comentar
  1. André

    Obrigado a todos os que participaram :)
    Depois digam-nos qual destas 24 capas é a vossa preferida.

  2. S.Quartin

    É, já pensei em pendurar o booklet/poster, mas tenho medo de o estragar… escolheste duas que também andam cá por casa; são bonitas, sim :).

  3. Ima

    Já postaram? Ia enviar o meu top entre hoje e amanhã. Bom, também dessas escolhas só figurava o de Graveyar. Não ouvi muitos discos deste ano. Anyway, vou ter de ouvir alguns desses aí. Bom Ano Novo para a Amplificasom.

  4. Miguel

    E que belo top ficou, no meu muda pouco (que me esqueci de mandar, feito tolinho).
    Quanto ás capas, para mim o de Barn Owl, o de Grails e o de Deafheaven ganham.

  5. T. Ramiro

    André, és dos meus. Também me encantam essas capas.
    O Lost in Glare ia já em tamanho grande para a minha parede!

  6. T. Ramiro

    Wolves in the Throne Room – Celestial Lineage
    Barn Owl – Lost in Glare
    Mamiffer – Mare Descendrii
    Tom Waits – Bad As Me
    Grails – Deep Politics
    PJ Harvey – Let England Shake
    …And You Will Know Us By The Trail of Dead- Tao of the Dead
    Asva – Presences of Absences
    Mogwai – Hardcore Will Never Die, But You Will
    dEUS – Keep You Close
    Boris – Heavy Rocks/ Attention Please
    Blut Aus Nord – 777 – The Desanctification
    Aethenor – En Form For Bla
    Earth – Angels of Darkness, Demons of Light 1

    Já agora deixo os discos que marcaram mais o meu ano, a ordem amanhã se calhar é outra, mas sem dúvida que estes discos são do que mais gostei. As minhas desculpas por não ter contribuído para a lista, mas partilho na mesma convosco.

    Bom 2012 para a enorme Amp e amigos. :)

  7. T. Ramiro

    Ou não fossem da Deathwish, naS. :P
    Mas que é um belo álbum, é. :)

  8. Ricardo Proença

    Surpresa 1: Não estava à espera dos Mastodon ganharem a “medalha de ouro” mas fiquei muito contente. Sendo um dos melhores sites, blogs de música em Portugal era engraçado a Amplificasom ir entregar um prémio no dia 22 no Coliseu, não era? :)

    Surpresa 2: Fiquei triste de ver Barn Owl apenas em 19º, para mim tem o melhor álbum do ano mas achei que pelo menos iria constar do top 5. Do mal o menos, pois assim muita gente verá o nome da banda e, de certeza, sentir-se-á impelida a ouvir e depois disso já não há volta atrás, algo que nos deixa a todos muitos felizes, em especial ao André que foi o evangelizador da banda aqui no site e foi à conta disso que eu a conheci e me tornei fã.

    Um excelente 2012 a todos os que por cá passam e andam, abraços e continuem a mostrar-nos grandes sons!!!!

    E para terminar, se alguém vos quiser chatear e/ou tornar miserável o ano de 2012 ponham o vosso sistema sonoro no máximo e mandei-lhes com a canção “Generation” do álbum Aesthetica dos Liturgy – vão ver que eles se calam logo e deixam-vos em paz.

    http://www.youtube.com/watch?v=qciRxrlTFGc&feature=related

  9. J Veiga

    bem… a capa de Barn Owl é qualquer coisa sim senhor… mas eu adoro simplesmente a capa toda retro dos Opeth… oh well :P

    tanta coisa que me passou ao lado… nem o de Russian Circles ouvi :|

    já agora, o de Mastodon acabou por ficar em primeiro devido à frequência com que aparecia nas listas ou por estar em postos altos nas listas do pessoal?

  10. J Veiga

    aahhh 24 capas, ok… realmente está ali a de Mogwai, que tb gosto bastante :P mas continuo a preferir a do Heritage :)

  11. philtrips

    A capa do álbum de Grails está muito interessante. Gostei também das capas de Necro Deathmort e Barn Owl. Quanto a Yob, eu tenho uma versão da capa de álbum bem mais bonita, autografada pelo Mike e pela Stevie (:

  12. Crestfall

    A lista não apresenta muitas surpresas. Muitos destes distos aparecem na minha. Depois há coisas como necro deathmort e cave in que acredito valerem a pena mas que ainda nem ouvi! E os álbuns de bandas como Mastodon, Opeth e Ulver que sempre tiveram lugar (quase) cativo nos meus preferidos que ficam de fora não pq não lhes reconheça (alguns) méritos, mas simplesmente porque não lhes dediquei a atenção de outros tempos. O mesmo posso dizer para o de Russian Circles que apenas ouvi uma única vez. E claro, em 20 não cabem 100, gostei de Tombs e Earth e até Barn Owl ficou de fora! Ao ver a lista do Ramiro apercebo-me que tb ainda não ouvi o 777.

    Quanto à capa estou com a maioria – Grails.

  13. naSum

    Só agora me estou aperceber que me esqueci totalmente do de russian circles!

  14. Eduardo

    É isso Jorge. Há muita coisa nesta lista que ainda não ouvi, e que deveria ser obrigatório. Só agora ando a ouvir necro deathmort, e já tou a ver que era um candidato a figurar na minha lista. Depois tenho que ouvir bem melhor o de trap them, blut aus nord e barn owl.

  15. André Forte

    Blut Aus Nord apanhou-me totalmente desprevenido. Grandes, mas GRANDES, discos Acho que quanto mais penso nisso, mais os subo na lista que fiz para a “concorrência dos tops” – onde já estavam em segundo lugar.

    para capa do ano, tenho de dizer que adoro as de Efrim Manuel Menuck, de Evangelista e de Esmerine, sendo que, aderindo ao tópico “ter na parede”, ia facilmente para o segundo e até punha o de Grails ou Mamiffer. é difícil escolher entre capas quando são, quase todas, tratadas como obras de arte.