A estupidez do futebol

Eu bem sei que vir aqui tocar nestes temas é assunto melindroso. Mas tem que ser. Sei que há por aí bastantes adeptos da bola, e quero mesmo desabafar algumas coisas.

Como Benfiquista, estou, mais uma vez, extremamente desiludido com a prestação da minha equipa. Ver um grupo de jogadores, numa meia-final de uma competição europeia, não darem tudo o que tinham para pelo menos honrar a camisola, é muito revoltante. Baixamos a cabeça, não demos o peito à humilhação e fizemos com que esta época seja motivo de gozo durante uns largos anos (frangos do Roberto, apagão na luz, as derrotas humilhantes com o porto, as bacoradas do jesus, e por aí fora). Ainda para mais, saber que o Benfica num ano vendeu e irá vender a espinha dorsal da equipa, hipotecando as próximas épocas em detrimento de um Porto com uma estrutura muito forte, que se prevê voltar a ganhar pelo menos mais uns dois ou três campeonatos seguidos. É muito triste a sensação de que vamos voltar a isto outra vez, a um campeonato sem competição.

Mas é aqui que quero pegar. Eu vou aos foruns e aos comentários da imprensa, e é raro ver o comentário de um portista que não seja a regozijar-se pelas derrotas do Benfica. A equipa este ano ganha basicamente tudo, está numa final europeia, mas o mais importante é gozar com os benfiquistas e não saudar a sua equipa por estar na final. Estranho.

Eu sei que vão vir com os argumentos “ah, os benfiquistas fazem a mesma coisa”, mas há uma pequena diferença: o benfica, nos últimos 20 anos, ganhou o quê comparado com o Porto? Como é que os Portistas ainda precisam de humilhar o Benfica e darem a sua quota parte da responsabilização nesta cisão norte-sul, depois de tudo o que ganharam? A humildade deve partir do vencedor ou do vencido? É que com um presidente a dizer “a final contra o Benfica seria mais fácil”, ou comentadores como o Miguel Guedes que andam há dois meses a esfregar os titulos do Porto na cara dos benfiquistas, como se isso nos ensinasse qualquer lição, o Porto não revela a mesma grandiosidade que revela dentro das quatro linhas.

Eu estou mesmo cansado das “vergonhas” que o meu clube me faz passar. Não sou um fanático, mas gosto muito de futebol, e como adepto gostava que o Benfica fosse, ao menos, altivo nas derrotas. Mas nem isso soube ser. Continuou com o jogo do rival, nesta senda das bocas foleiras que em nada ajudam a tornar o nosso campeonato mais competitivo, e só abriu ainda mais a ferida. Gajos como o Rui Gomes da Silva são para mim o espelho do que está errado no Benfica. É preciso saber perder para se poder ganhar. Mas isto nem o Benfica, nem o Porto o sabem fazer. E é por isso que o futebol em Portugal continua a ser uma estupidez.

Comentários

Comentar