Aí estão os primeiros tops a aparecer

10 Isis – Wavering Radiant

09 Marduk – Wormwood
08 Tombs – Winter Hours
07 Slayer – World Painted Blood
06 Kylesa – Static Tensions
05 Cobalt – Gin
04 Napalm Death – Time Waits No Slave
03 Coalesce – Ox
02 Converge – Axe To Fall
01 Baroness -The Blue Record

Comentários

Comentar
  1. Crestfall

    Bom top. Há pouco estava a ouvir Slayer, está aí um bocado overrated, ou não.

    A decibel tb ia ter um especial com os 100 álbuns de metal da decada.

  2. Helder

    Estes tops são por decreto, quase sempre as mesmas bandas…

    Ter Baroness em numero um é um atestado ao meu fraco gosto musical, porque eu achei o álbum absolutamente horrível e eliminei do meu disco após ouvir umas três vezes e tentar ouvir outras vezes… absolutamente intragável…

    Serei o unico com fraco gosto?

    :)

  3. Filipe

    Desse topo tirava apenas os discos que de slayer e napalm death que apesar de serem bons sao mais do mesmo, e o de cobalt que ainda não ouvi, claro que punha mastodon, between the buried and me e o de pelican nos lugares desses, mas de resto esta um bom top, trocava apenas a ordem 2 dois primeiros que para mim a par do isis são os 3 discos mais brutais deste ano.

    NUNCA MAIS È SABADO!!!!!!

  4. Luís

    Helder não posso concordar mais em ter Baroness em nº 1 para mim é mesmo o album do ano! :)

    Falta sem duvida mastodon, talvez pelican e doomriders que gostei bastante!

  5. ::Andre::

    É um top virado para o que é a revista, não esquecer. Desses dez discos a maior parte não estará no meu top 40 :/

  6. Scapegoatt

    Assim de repetente lembrei-me de Mono, e Mastodon obviamente =) Baroness é grande album sim sr. Agora isto sempre foi, e sera discutível. É difícil haver unanimidade.

  7. Ricardo

    O de Slayer está muito mais do mesmo e tanto esse como o de Napalm Death dispensava.

    Acho estranho não ver Mastodon aí, por acaso.

  8. Crestfall

    Não Hélder, há mais gajos com fracos gostos :D
    E pq que vcs dizem que falta este ou falta aquele? Não falta nenhum! do 01 ao 10, todos os lugares estão preenchidos, é um top… A faltar alguma coisa é saber as posições seguintes.

  9. Luís Pires

    Ouvi uma vez o de Blue Record e não achei nada de especial (provavelmente não o punha nos 50 primeiros do ano, vá matem lá o herege).
    Parece-me obvia a falta de Mastodon, Zu, Wolves In The Throne Room (o Black Cascade owna brutalmente o Wormwood), Crippled Black Phoenix, Sunn O))) e Eagle Twin, apenas para referir alguns.

    E claro, a obra-prima que é o Sentencia de Orthodox.

  10. Luís Pires

    Quando digo que falta, refiro apenas albuns que trocava com a maioria dos listados.

  11. Susana Quartin

    lol, Merduk. Não é que sejam maus, mas há tanto disco de BM superior que até faz impressão (oi? Blut Aus Nord?).

    Baroness só recentemente peguei no Red Album, ainda não ouvi o azulinho.

  12. Susana Quartin

    Já para não falar de Funeral Mist (que em termos de BM se aproxima mais do som de Marduk), cujo último disco está muito bom.

  13. Luís Pires

    Este disco de Marduk tem uma música muito boa (funeral dawn), o resto passou-me um bocado ao lado.

  14. Crestfall

    O Disco de Marduk é o único da lista que não conheço e não tenho planos para o ouvir nas próximas semanas :p

  15. Catacombo

    Isto será sempre uma discussão de gostos, por isso dificilmente se chega a alguma conclusão, além de que essa lista é muito redutora, ou seja, é só musica de peso.

    No que respeita a Baroness, não gostei muito do "The Blue Record", acho o "Red Album" muito superior, mas também confesso que sou Benfiquista. :P