Amesoeurs – Ruines Humaines EP

Quem é que falou em EP? Também ando a ouvir um muito bom.

A review na terrorizer deste mês obrigou-me a descarregar o digital desta coisada.
Gravado ainda em 2005, só agora é que foi editado! Demorou mais de 1 ano até que alguma editora mostrasse interesse. E até nem se percebe porquê. O único problema deste registo é ter apenas 3 músicas que não vão além dos 16 minutos.
As composições são simples mas a estrutura musical não encaixa propriamente em nenhum padrão rígido.
É fácil perceber que a sonoridade transversal neste EP tem uma costela Black Metal, no entanto, que isso não resulte em preconceito, pois esse é apenas um dos ingredientes usado para harmonizar o todo.
A noite cai e a escuridão circunda-nos. Mas num ambiente de contemplação, apesar da angústia e do desespero, deixamo-nos envolver. A bateria conduz-nos mas sem grandes pressas, estimulada pelas guitarras extremamente melódicas, na sua execução eléctrica e acústica. As vocalizações masculinas gritadas são típicas BM mas carregam uma emotividade de arrepiar. A 2ª faixa culmina numa parte industrial fria, para na última nos arrebatar pela voz feminina que acompanha a atmosfera rock empoleirada na luz do raiar do sol que surge através das nuvens após os primeiros instantes do dia e nos despertar para a doce melancolia.
Venho o disco. Consta que:
“The band is currently writing new songs for a full-length album. The musical style of Amesoeurs will develop towards something more powerful, electronic and depressive.”
“We are fascinated by the cyberpunk/post-apocalyptic world and the music of the 80s. We infinitely worship The Cure, Depeche Mode, Anne Clark, Virgin Prunes, Clan of Xymox and Joy Division of course.”
+info: http://www.myspace.com/amesoeurs

Comentários

Comentar
  1. Pedro

    Isto fez-me lembrar que já não compro a terrorizer há imenso tempo…. Amesoeurs parece-me bem!