Ampliclipping

Time Out Porto - two preview pages

Time Out Porto – two preview pages

Time Out Porto nr 1 event of the month

Time Out Porto nr 1 event of the month

Esta edição promete ser sado-masoquismo para os nossos ouvidos, no melhor sentido possível – vai ser catártico. – WAV

É festival com cartaz para fazer crescer água na boca a várias espécies de melómanos. – Público

Evento de eleição no panorama nacional. – LOUD!

It’s a fucking shame we live so far away from this magical place – all I can say is that if you are anywhere near Portugal, you have no excuse not to be at this year’s fest! – CVLT Nation

The consistently excellent underground and experimental music weekender returns for its fifth year with a typically eclectic line-up. Needless to say, it’s not to be missed. – Rock-A-Rolla

Getting more essential with each passing year. – Terrorizer

The Summer is almost gone and the Fall is coming. If you live in Portugal you know that means the return of what’s now one of the most beloved music festivals for people that don’t only appreciate but rather passionately love experimental, heavy, awesomely weird, and breathtaking music. Amplificasom managed to achieve that “status” with their own festival, Amplifest, by year after year delivering unforgettable and utterly memorable musical experiences. – Music & Riots Magazine

Oportunidad imprecindible para los paladares más exquisitos. – Desconcierto Puntocom

Se os Swans elevaram no sábado a fasquia de concertos no Amplifest, também este elevou a de festivais em Portugal. Se não o fez, dificilmente algo fará. – Ponto Alternativo

Já estamos cheios de saudades do Amplifest. Têm sido quatro edições muito intensas e, para quem tem acompanhado de ano para ano, é com um orgulho imenso que saímos do Hard Club com a sensação de que o festival cresce de ano para ano, não só em Portugal como além- fronteiras. Que o Amplifest viva para sempre, pois nem o início de Outono teria o mesmo sabor. Venha 2015! – Arte-Factos

​A​ ​edição de 2015 é um sinal claro à continuidade, crescimento e afirmação duma promotora que assume há largos anos um lugar incontornável no que à arte e cultura diz respeito em Portugal. – Ruído Sonoro

Não tenho dificuldades em escrever que o Amplifest de 2014 foi o melhor em que estive desde o primeiro, em 2011. Continua imaculadamente bem organizado, com horários cumpridos e uma circulação entre os espaços sem qualquer dificuldade. O cartaz deste ano foi sem dúvida o mais interessante, não obstante o que continha Godspeed You! Black Emperor, que ofuscam tudo o resto. Mais eclético, mais forte, mais completo. Se o quarto ano foi assim, aguardo com ansiedade o anúncio de como vai ser assinalada a marca semi-redonda do quinto aniversário para o ano. – Bodyspace​

A impressão final é enorme, surpreendentemente sempre superando expectativas, ano após ano. A organização é intocável, a sua dedicação à música e à cultura é nada menos do que imensamente louvável, e conseguirem proporcionar um evento com este impacto é extraordinário. – Festivais de Verão

Comentários

Comentar