AMPLIFEST 2012: Jozef van Wissem

André Coelho

Josef van Wissem levou a experimentação ao passado. Invertendo o processo de refrescar a música, o compositor holandês aborda o alaúde, instrumento típico da música europeia dos tempos do Renascimento e do Barroco, como um fingerpicker fora do seu tempo, sempre com o propósito principal de libertar as suas cordas.

Enquanto procuramos colocá-lo cronologicamente nos livros de história, o compositor e intérprete vai-se deslocando com as suas obras por toda a música moderna. A mais recente prova disso encontra-se no disco escrito em colaboração com o cineasta Jim Jarmush, bem conhecido pela sua estreita relação com a música e com os géneros mais periféricos. Em Concerning the Entrance into Eternity, o alaúde de van Wissem dá melodia a uma invariável presença drone de Jarmush. Em Novembro próximo, a colaboração é continuada com o novo The Mistery of Heaven, a ser lançado pela editora Sacred Bones, um dos selos a seguir no panorama da música alternativa, e com o novo filme do norte-americano, que contará com uma banda-sonora do compositor minimalista.

A propósito da sua próxima digressão europeia, Josef Van Wissem apresenta-se no Amplifest a solo para fazer jus a The Joy That Never Ends, o seu mais recente registo em nome próprio.

In Jozef van Wissem’s music, experimenting is essentially about time travel. For the Dutch composer, fingerpicking the lude is more than an exercise, it’s an action towards a time-lapsing approach of music. Thanks to that, van Wissen is as drone-esque as folk can be, as modern as baroque can sound, and as broad as a unique, liberated lute can embody.
 
van Wissem has been recording and releasing new material steadily since the start of the century, having collaborated with names such as Jim Jarmush (that’s right, the music-lover film-maker) and Gary Lucas.  This year’s Concerning the Path into Eternity is a simple yet avant-garde mix between van Wissem’s folk and Jarmush’s drone – certainly one of the most adventurous records of the year. The collaborative effort has a new chapter coming out next November via Sacred Bones entitled The Mystery of Heaven. Also, the team will hit the screens soon, as Jarmush’s new movie is actually scored by the Dutch lutenist.
 
At Amplifest’12 Jozef van Wissem will undergo a trip between eras and times, connecting the past to our present with his lute, playing in Porto’s Hard Club.

Comentários

Comentar