Amplifest: os melhores das duas primeiras edições

André Coelho

Nesta casa, orgulhamo-nos de acompanhar, desde o embrionário estágio, o Amplifest. Celebrámos, qual medalhado olímpico (faltou a música dos Vangelis), a confirmação dos Godflesh – nunca nos passaria pela cabeça ver o JKB a tripar a “Christbait Rising” com o G.C. Green ao lado – e vertemos uma nectárea lágrima quando Outubro de 2012 trouxe libertários ventos, i.e., GY!BE.
A sensivelmente uma semana de regressarmos, pelo terceiro ano consecutivo, ao Hard Club, evocamos doze notáveis momentos que nos fustigam a memória em permanência.

Espécie de Top 12 do Ponto Alternativo. Aqui.

Comentários

Comentar