Amplificasom 2006-2012 por Paulo André Cecílio

Apesar de já ter gasto (expressão feia: não gastei, ofereci de bom grado) bastante do meu latim em textos ou conversas do foro privado onde exultava a Amplificasom e, nomeadamente, os eventos que organiza, guardo um segredo terrível: nunca fui a um evento de Amplificasom. Esta minha falta de credibilidade será, espero, anulada quando entrar pela primeira vez no Passos Manuel e no Hard Club por alturas do Amplifest; três dias onde a mais bela das cidades acolherá nomes gigantes como GY!BE, Bohren & Der Club Of Gore, Barn Owl, Ufomammut e Six Organs Of Admittance. Um cartaz de sonho que só é possível porque a malta da Amplificasom trabalha incansavelmente para fazer do país, durante uma ou mais horas, um sítio melhor – e, por diversas ocasiões, mais pesado. Pediram-me para fazer um comentário acerca da Amplificasom: não poderá este ser outra coisa que não um sonoro “obrigado”. Vemo-nos a 26.

Comentários

Comentar