Amplificasom apresenta: Alfredo Costa Monteiro & Tim Olive HOJE no Porto

Tim Olive e Alfredo Costa Monteiro @ Festival Trama
18h00 – Matéria Prima
Concerto
Gratuito

Este duo recém formado, nasceu a partir de várias colaborações à distância, entre Barcelona e Osaka, até se materializar numa tournée no Japão em 2010. É um projecto de natureza decididamente doméstica que oscila entre texturas densas, cortes bruscos e dinâmicas imprevisíveis, desenvolvendo frequentemente atmosferas obscuras que se decompõem constantemente em massas sonoras desagregadas: o caos e a ordem são medidos, mas sempre bem-vindos.

Tim Olive é natural do Canadá, onde aos 12 anos, nos anos 1970, começava a sua formação musical no baixo eléctrico. A mudança de um ambiente rural para a cidade com o acesso facilitado as lojas de discos permitiram a Olive, descobrir o free jazz, a música electrónica e concreta e a música asiática. Começou por importar estas descobertas para o seio do rock, mas logo foi abrindo as suas fronteiras musicais a formas abstractas, à improvisação e à exploração das possibilidades sonoras que se ofereciam nas cordas de metal e nos microfones magnéticos. Desde então a sua carreira expandiu-se com intensa actividade nos Estados Unidos, Austrália e Japão, e em variadíssimas colaborações em estúdio e ao vivo, com Jeffrey Allport, Alexandre Babel, David Brown, Kelly Churko, Tom Hall, Anthony Guerra, Takahiro Kawaguchi, Shinichi Isohata, Katsura Mouri (Busratch), Takuji Naka (Culpis), Bunsho Nishikawa, Joel Stern, Adam Sussman e também com o portuense radicado em Barcelona, Alfredo Costa Monteiro, entre outras.

Após ter terminado os seus estudos em escultura e multimédia com Christian Boltanski na École des Beaux-Arts de Paris, em 1992, Costa Monteiro tem desenvolvido actividades múltiplas que abarcam instalações, poesia sonora e visual e arte sonora. Nas suas obras, podemos testemunhar um interesse por processos instáveis na manipulação de objectos enquanto instrumentos e de instrumentos enquanto objectos, marcados por um forte carácter fenomenológico. Para além da sua extensa discografia e exposições individuais e colectivas, tem vindo, desde 2001, a colaborar com numerosos músicos, coréografos, bailarinos e artistas da área do vídeo. Entre 2001 e 2008 foi membro de IBA col.lectiu d’improvisació, e é actualmente membro de Cremaster (com Ferran Fages), i treni inerti (com Ruth Barberán), Octante (com Fages, Barbéran e Margarida Garcia), atolón (com Fages e Barberán), tellus (com Pilar Subirá) e monolith (com Juan Matos Capote). Colabora frequentemente com Tim Olive, Michel Doneda e Pascal Battus. No campo da poesia sonora, trabalha habitualmente a solo, realizando leituras poliglotas e ‘ruidistas’. Em 2005 a Fundación 30Km/s de Barcelona editou uma compilação dos seus poemas fonéticos /visual intitulado “Axiomáticas”.

Tim Olive: guitarra preparada
Alfredo Costa Monteiro: dispositivo electroacústico

Mais info:
http://www.myspace.com/timolive
http://www.costamonteiro.net/
http://www.festivaltrama.com/

Comentários

Comentar