Artesão do tempo

Fernando Martins Ferreira

Hoje, somos estimulados a fazer cinco coisas ao mesmo tempo, e com uma música como a do Sunn O))), é preciso parar para ouvir.
O modelo econômico nos torna escravos. Você acaba se distraindo tanto com esses detalhes, gadgets e pequenos eventos que não há nenhum espaço para considerar filosofia, propósitos ou música. Me livrei do iPhone há dois meses. Uso bastante o computador para me comunicar e para arte, é uma ferramenta incrível, mas por que vou visitar um fórum de música enquanto estou andando de metrô por Paris? É absurdo. Percebi que estava passando muito tempo nisso e os livros que eu comprava estavam ficando empilhados. É um fenômeno potencialmente muito perigoso. O pensamento fica tão fragmentado que a pessoa não consegue ouvir uma música de 20 minutos.

Entrevista com o Stephen O’Malley no brasileiro SOMA.

Comentários

Comentar