As Guitarras do Ângelo: Travis Bean

As guitarras:

Em Julho do ano passado faleceu o homem que posa, na foto acima, com um espécime das guitarras que partilham o seu nome: Travis Bean.

Generalidades aborrecidotécnicas:

A principal característica que define as Travis Bean e as demarca das outras guitarras é a utilização de alumínio para a sua construção, ao invés de serem inteiramente feitas da tradicional madeira. Mais especificamente,  o alumínio é utilizado na construção do braço das guitarras, sendo que nas Travis Bean a peça que constitui o braço da guitarra prolonga-se pelo corpo da guitarra e os pickups são nela montados. Isto é melhor explicado no documento da patente deste sistema, que podem ler aqui.

Apenas 3650 instrumentos Travis Bean (entre guitarras e baixos) foram construídos, entre 1974 e 1979. A produção foi retomada em 1998, mas menos de dez guitarras viram a luz do dia nessa nova fase. Consequentemente, para adquirir uma Travis Bean nos dias de hoje é necessário largar uma nota preta para agarrar um dos poucos exemplares em segunda mão que vão surgindo para venda.  Por exemplo, em 2007 uma Travis Bean, antiga pertença do Jerry Garcia dos Grateful Dead, foi arrematada em leilão por 312 mil dólares.

Felizmente, um luthier da Flórida de nome Kevin Burkett decidiu dar continuidade ao conceito em 2004, tendo fundado a Electrical Guitar Company. Não se limitando a copiar o legado das Travis Bean, as guitarras e baixos da EGC levam-no mais longe, apresentando também o corpo da guitarra e os fretboards em alumínio na maior parte dos modelos.

As características mais técnicas dos vários modelos construídos pela Travis Bean e pela EGC variam bastante, pelo que seria difícil entrar aqui em mais pormenores. Contudo, podem encontrar muita informação aqui para as Travis Bean e também no website da Electrical Guitar Company.

Onde é que já a ou|vimos:

Nos Shellac tanto o Steve Albini como o Bob Weston são fãs indefectíveis e utilizadores de longa data destes instrumentos, possuindo entre eles vários exemplares Travis Bean,  e o Steve Albini deu uma ajuda na concepção dos primeiros protótipos da EGC; O Aaron Turner trouxe a sua EGC a Portugal para os concertos de Isis e o Michael Gallagher também costuma aparecer com uma; O David Bryant dos GY!BE e a sua Travis Bean; o Brent Hinds dos Mastodon usa uma Flying V em alumínio e acrílico construída para si pela EGC; a Laura de Kylesa possui também uma EGC; o Buzz dos Melvins, também uma EGC; a Travis Bean do Stephen O’Malley.

Até para a semana:

e Parabéns, André!!

Comentários

Comentar
  1. S.Quartin

    Lembro-me de estar no ATP ’08 e pensar “que raio, têm todos guitarras iguais?” depois de ver o Galagher e o Buzz com elas, agora já sei quais são!

  2. Joao

    Seria bastante interessante fazer um traceback aos utilizadores ainda das Travis Bean :o (no activo, portanto…)

    Gostava era de perceber bem as diferenças sonoras… os looks compreendem-se :P
    No caso do Buzz, se calhar já estava farto de partir o braço da sua Les Paul lol