BB King no meio do monte

Tirando aquela “bojarda de som” no final (quem lá esteve percebe), o picnic em pleno Parque Natural do Alvão e a respectiva companhia (na foto) foram o ponto alto da excurssão a Sabrosa para ver aquele que é considerado o rei dos blues. As expectativas não iam altas nem o King, apesar de todo o respeito, foi sequer rei do que quer que fosse. Também é verdade que sabíamos ao que íamos mas acho que acabou por ser pior do que a pior expectativa. Foi chato, foi previsível… Não deixo de louvar a iniciativa e a adesão do público (20 mil pessoas) mostra, sem querer estragar a carreira dos Carreiras, que afinal é possível apostar neste tipo de nomes neste tipo de terreolas. Vejam videos no tubo para terem uma ideia.

Comentários

Comentar
  1. Neuroticon

    Claro que foi previsível… foi o "rei" do blues a tocar… blues… ;)

  2. Scometa

    Foi um serão muito agradável. Nunca esquecerei os teus rissóis André.

  3. Alex

    chato? previsível? não concordo nada. Acho que foi mt mt bom!

  4. ::Andre::

    Eu fui dos poucos Alex, pelos vistos toda a gente curtiu imenso mas eu não gostei mesmo nada, aborreceu-me até.

  5. apf

    eu sempre soube que havia um sinal de mentirinha quanto à produção dos rissois. mas estavam bons, estavam.

  6. av

    Mestres de cerimónias a usarem a expressão "bojarda de som", show pirotécnico e Spinning a tocar no palco secundário são muitas emoções fortes para uma só noite…

    Valeu pelo dia bem passado e pelos rissóis (fico agora a saber) pirateados pelo André.