Black Cascade: primeira audição

Confesso: depois de um concerto de uma banda preciso de me separar dela por uns tempos. No geral é assim, há excepções, mas depois da maravilhosa noite de 7 de Fevereiro queria estar um par de meses sem voltar a ouvir Wolves in the Throne Room. Mas, quem resiste a um leak de um novo disco de uma das suas bandas preferidas? Fiz o download do Black Cascade e quando fiz “play” nem sequer estava muito entusiasmado. Agora, após a primeira audição, começo por dizer que temos mais um álbum à lá Wolves in the Throne Room e não há melhor elogio do que este. Há um BM antes e depois de WITTR, há um pós-BM se assim quiserem e está na altura de alguém o dizer.

Comentários

Comentar
  1. Crestfall

    Eu é mais ao contrário, preciso de continuar a ouvir. Depois de me teres “emprestado” o disco tb não resisti, e a minha primeira impressão (ainda só ouvi no trabalho) foi de uma obra mais directa e menos atmosférica, mas, tal como tu disseste, imediatamente identificável como Wolves. Eu não sei se há um pós-BM via Wolves até pq há outras bandas tb americanas que já blackmetaliavam noutras trajetórias. Sei é que estes gajos estão totalmente lá.

  2. ::Andre::

    Às vezes isso também me acontece e, goza lá à vontade, até gravo um cd com os temas que a banda tocou e pela ordem da setlist, faz-me recuperar momentos do concerto. Mas, lá está, são apenas excepções.

    Quanto ao BM, não sou o maior entendido, mas acredito que os WITTR são talvez a face mais notória das bandas que blackmetalam noutras trajectórias.

  3. Scapegoatt

    Eu fui “trafulhado”!! Fiz o download do album, mas só traz duas malhas + actuação no Roadburn… NEWMAN!!!! =)
    Tenho de o ouvir inteiro e seguidinho. Dps falamos.

  4. Tiago

    Ouvi a leak, mal andou a circular, como dizes Crest, preciso de continuar a ouvir. Também me parece que está menos atmosférico, fico com a sensação que evoluíram na produção, e parece-me que é o disco com melhor produção deles, bom trabalho do Randall. Só isso, acho que é um ponto positivo.
    Haha, André, eu sou exactamente como tu, também faço isso, de meter as músicas a tocar pela ordem da setlist, faz relembrar sim, senhor. Já não és gozado sozinho.
    Também não sou o maior entendido em BM, mas realmente há mais bandas a seguir outros “pós” dentro do género, mas este “BM atmosférico” agrada-me muito.
    Saudades do dia 7.

  5. ::Andre::

    Sem dúvida Tiago, o trabalho do Randall está fenomenal!