Blitz: hoje nas bancas

18 páginas dedicadas à banda de Ian Curtis. Em Setembro estreia o filme sobre Ian Curtis e é reeditada toda a discografia dos Joy Division. A BLITZ antecipa o culto e publica o texto definitivo sobre a banda de Manchester, assinado por Jon Savage.

+

Colecção OPTIMUS/BLITZ APROVA é grátis e começa a partir do número que chegou hoje às bancas. Destacar os álbuns mais marcantes dos últimos 50 anos: eis o mote da colecção, cujo número de estreia é distribuído com a presente edição da BLITZ. Com texto de João Santos e Inês Rodrigues e ilustrações e design de Cesária Martins, cada livro tem 64 páginas e chega às bancas de forma totalmente grátis, com os números de Maio, Junho, Julho, Agosto, Setembro e Outubro da BLITZ. O primeiro volume, com Nirvana na capa, aborda a produção discográfica compreendida entre 1993 e 2006. A partir daí, os livros irão debruçar-se sobre os períodos de 1985-1993 (número 2, edição de Junho), 1979-1984 (número 3, Julho), 1974-1979 (número 4, Agosto), 1969-1974 (número 5, Setembro) e 1965-1969 (número 6, Outubro).

Comentários

Comentar
  1. ::Andre::

    Talvez hoje compre A minha primeira Blitz, talvez…

  2. Filipe

    Tbm eu devo comprar a minha 1º e deve ser ultima, n me tou a ver a comprar esta revista, e so porque tem especial joy division!

  3. Joana Coimbra

    eu fiz isso ._.
    ok admito, foi a minha segunda x) comprei a primeira ediçao para ver como estava |: e tornei a comprar por joy division e pelo livro (livro?) que pelo que já vi..decepcionou :s

  4. ::Andre::

    Agora é sério, dificilmente tornarei a comprar a blitz. Palha atrás de palha sobre bandas que não me dizem rigorosamente nada. E mesmo o especial de JD não tem nada que já não tivesse lido em Mojos e afins. O livrinho está cheio de clichés e favores. Poupem-me!!! E, já agora, não me importo que me devolvam os 2,50€ :P
    Eu compreendo que isto não está fácil blá blá blá mas tenho o direito a criticar e a escolher. Velhos tempos em que todas as terças de manhã o comprava sabendo que ia ter bons momentos de leitura…