Broderick: por detrás do poster

Um dos motivos pelo qual gosto do Hélder é que ele tem sempre um conceito com o qual se relacionar e admiro qualquer artista em qualquer área que tenha essa linha de pensamento. Sobre este, o Hélder assumindo que regressava aos vectoriais, disse:

Peter Broderick, um concerto de sonho… Música sobre pessoas, lugares e solidão.

O ultimo álbum em termos sonoros é o mais americano de todos, fazia todo o sentido fazer uma ilustração baseada no “Nighthawks” do Eduard Hopper que pintou melhor que ninguém a solidão e o quotidiano norte americano, por isso é também uma homenagem ao Hopper.

Nós dizemos: obrigado e FELICIDADES (sim, o Costa hoje faz anos!!)

Comentários

Comentar