Concorrência ao Attila ou como um par de mamas pode vender

Todos os dias cai spam no mail, mas este da FHM chamou-me a atenção. Pelos vistos, uma dj chamada Mari Ferrari vem a Portugal para uma serie de errrr…concertos e o seu fato (ou a falta dele) é concorrência desleal aos do Attila.

Enquanto que o vocalista dos Sunn é das coisas mais originais que já vi (em Lx também usou a máscara branca?), já esta Ferrari faz-me perguntar se a malta vai pela música ou porque o bilhete inclui um par de mamas.

Comentários

Comentar
  1. O Cardoso

    Boa!!!
    Concertos deste é que vocês não organizam… é só metalda!

  2. IndieFrente

    É óbvio que a música fala mais alto! Que raio de pergunta!

    Who cares for dj titties ? :D

  3. ::Andre::

    Adriano, mas pagarias para ir ver uma gaja passar música não gostando da mesma?

  4. Kustu

    Épa, eu quero acreditar que o pessoal vai à discoteca independentemente se a gaja ta com as mamas à mostra ou não.

    Pelo som? Não conheço nenhuma musica dela, não sei se é uma boa DJ, ou uma DJ boa.

    Mas normalmente neste tipo de eventos, enche é por causa do DJ, se for um gajo bom e conhecido, porque caso contrário, terá um numero de publico normal como qualquer outra discoteca.

  5. eu gosto mais das mamas dela do que da máscara do attila.

  6. André Forte

    há dias, nesta minha coisa de pensar em DJ vs. concerto, lembrei-me que se o concerto de Löbo em Coimbra tivesse sido anunciado como "DJ Löbo" a coisa tinha corrido muito melhor. É um prefixo que resulta, acho.

  7. João Veiga

    pa..infelizmente raparigas DJ é muito por aqui que conseguem furar :/ ou são DJs banais ou então para sobressair facilmente recorrem a estas coisas de attention whore :(

  8. Crestfall

    Meninas, podem começar a enviar o portefólio.

  9. Rodolfo

    abençoados russos que vendem as raparigas todas que têm lá na terra…

  10. ::Andre::

    Não é a única pois não? Tenho ideia de há uns tempos ter visto outra DJ de mamas ao léu. Mas muito resumidamente é o que o Veiga disse, infelizmente. E quando se fala de lix…música de discoteca eu sou um bocado preconceituoso e tal, fico por aqui.