Diana Bar

No Sábado passado fiz o percurso inverso do povo e fui até à Póvoa de Varzim para a segunda edição do ViMus, Festival Internacional de Video Musical. A principal razão foi o documentário “Sleeping Nights Awake” realizado por um grupo de jovens universitários e que contém entrevistas, temas ao vivo e “backstage footage” dos Sonic Youth por altura do “Rather Ripped”. Tirando um certo “amadorismo” no conteúdo, está aprovado e aconselho a todos os fãs, mas aquilo que mais gostei nesta deslocação à Póvoa, foi o espaço. “Diana Bar” é o pior nome de sempre e o rosa do edificio não ajuda, mas tem tanto potencial… Trata-se de uma biblioteca com serviço de café e bar que o poeta José Régio costuma frequentar. Fica mesmo na praia, é espaçoso e já nos imagino a organizar algum concerto lá, isto se o mesmo tiver condições. Veremos…

Comentários

Comentar
  1. celtic

    tinha umas torradas porreiras quando era puto, ia lá muitas vezes. :D

    ultimamente ia lá ler os jornais, é um espaço porreiro. concertos nunca lá vi nenhuns, mas houve um ou outro no festival de músicas do mar.

  2. Pedro Nunes

    Sim, como o celtic referiu, esse edifício tem uma longa história. Também cheguei a ir lá comer umas torradinhas….. Mas ainda bem que usam agora o espaço para a cultura.

  3. ::Andre::

    Eu passei lá tantas tantas vezes e nunca pensei que fosse aquilo que realmente é. Ainda bem…