Dream Theater + Riverside @Coliseu do Porto 20/06/2007

Que mania que esta malta tem de começar os concertos a horas! Quando cheguei ao coliseu já os Riverside deviam ir para lá de meio da actuação. Tão mau quanto isso foi a qualidade/volume do som, parecia que eles estavam a tocar para os amigos lá na frente, não é normal um gajo estar a falar para outra pessoa no meio de um concerto ali no coliseu sem ter que ser ao ouvido. Por estes 2 motivos o concerto não me soube a nada. Gosto mesmo muito dos 2 álbuns destes polacos, e fico à espera que eles voltem.

Os Dream Theater deram um concerto bem curtinho para os padrões habituais, acho que não chegou às 2 horas. No entanto, também não perderam muito tempo com floreados e devaneios solistas. Obviamente que o som já estava bem mais alto quando eles entraram em palco, e, apesar de não estar uma maravilha e de terem havido vários problemas e várias variações durante toda a actuação, no global esteve sempre perceptível, principalmente o baixo de Myung que por vezes se ouvia mais que a guitarra. Muita gente casca no LaBrie, mas tirando algumas partes em que os agudos ficavam muitos altos, desta vez ele esteve muito bem. O Petrucci é que tem que começar a ter cuidado com a cerveja que bebe, está a começar a ficar pró cheiinho :-S. Se não estou em erro, passaram ao lado de 5 discos! Não tocaram nenhuma música do When dream and day unite, Awake, Falling into infinity, 6 Degrees of inner turbulence nem do Train of thought! Mas soube bem ouvir a Take the time e a Surrounded do Images & Words [a Pull me under nunca falha]. Do novo álbum penso que só tocaram 3 músicas, sendo que Constant motion e The Dark eternal night foram reproduzidas tal como no álbum, em sequência, e foi uma sequência bastante possante. Eu praticamente não conheço o disco, nem três vezes inteiras o ouvi, mas estas duas não são nada más e a Constant motion lembra mesmo Metallica por alturas do …And Justice. Os putos é que já sabiam as letras todas.
É sempre com satisfação que saio das actuações destes gajos, e apesar de não ter sido tão longo, até considero que só não suplantou o concerto da Tour do Scenes. Oh senhores da EiN, marquem lá o próximo, senão o Amplificasom trata disso.

Surrounded
Take the Time
Home
Bye Bye Porto
Riverside – The curtain falls

Comentários

Comentar
  1. PoisonGodMachine

    Eu sou amigo dos Riverside! Estive bem lá à frente e ouvia-se muito bem! =P Nem sequer precisei do meu bendito algodão nos ouvidos (o que corrobora o que disseste, uma vez que estavas mais longe).
    Eles realmente prometeram voltar. São capazes de já ter aí qualquer coisa na manga, espero bem que sim!

    Não te enganaste! DT apenas abordaram o Scenes, o Octavarium, o Chaos e o Images. É por estas e por outras que eu ficaria fodido se se lembrassem de fazer uma daquelas proezas de tocar um album inteiro de Maiden, Pink Floyd ou Metallica, quando têm reportório próprio que nunca mais acaba e sabe sempre a pouco. Também sei que eles só costumam fazer isto quando tocam dois dias seguidos no mesmo sítio… é, não é?

    Aquela Pull Me Under… JASUUUUS!!!
    Foi um concerto curto… e mesmo assim estou aqui cheio de sono! :S

  2. Bruno Coelho

    Mas eles não eram para tocar um álbumde outra banda na integra? Pelo menos foi o que li quando se soube que eles cá vinham…
    Realmente menos de 2h para DT é pouco. fui vê-los na tour de Train of thought e tocaram 3 horas. À pála disso ia perdendo o comboio :P

  3. ::Andre::

    Perguntas inevitáveis:

    A que horas começou?
    Tava cheio?
    Quem são os Riverside?
    Que marca de cerveja bebe o Petrucci?

  4. Crestfall

    Não tenho a certeza de só fazerem isso quando tocam 2x seguidas na mesma cidade, mas é o que faz sentido, com um reportório tão grande… Nunca esteve anunciado que o iriam fazer cá.

    Deve ter começado às 21h.
    Tava.
    São uns Polacos PRog-Rockes com 2 álbuns bem porreiros.
    O Petrucci bebe Cintra.

  5. naSum

    até tive pena de não ir. gostava de ter visto. ve se passas é a gravar uma musica completa s.f.f. não vi a parte: “VICTORIA´S REALLLLLLL I FINALLYYY FEALLLL AT PEACE WITH GIRL IN MY DREAMMMMMMMMMMSSSSSSSSS ” ^_^.

  6. Melancolia

    “VICTORIA´S REALLLLLLL I FINALLYYY FEALLLL AT PEACE WITH GIRL IN MY DREAMMMMMMMMMMSSSSSSSSS ” —> argh :P Cena lamechas!

  7. Melancolia

    Canto isso, como canto Quim Barreiros, só que este é menos lamechas :)

  8. Some girls are stranger than others...

    Obrigada pelos vídeos no You Tube. Fizeste um verdadeiro serviço público :)