“É inútil tocar as mesmas coisas noite após noite”

“Muitas noites nem sequer temos set lists. Improvisamos bastante, mas temos vários temas, que identificam cada canção. Vamos tocando, mas não sabemos onde vamos acabar, o que vai acontecer. E as vezes improvisamos tudo, claro. De qualquer maneira é inútil tocar as mesmas coisas noite após noite”.

O Ponto Alternativo entrevistou o Makoto, é ler aqui.

Comentários

Comentar