E por falar em carros

Como é que com meia dúzia de diálogos e meia dúzia de carros se faz um filme do caneco? O Tarantino sabe. Quero lá saber de enredos complicados!
Agora tenho aqui isto para ouvir (também está incluída a BS do Planet Terror).

Comentários

Comentar
  1. Melancolia

    Tarantino mais numa vez exalta o poder das mulheres, num filme muito à seventies (a década das boas colheitas) :)

  2. ::Andre::

    a banda sonora é excelente, para variar… o filme é ENORME!!!

  3. Bruno Coelho

    É um must see.
    O tarantino está na moda. É daqueles casos em que moda e qualidade se dão bem.

    Obrigado pelo link.

  4. ::Andre::

    moda? o que é isso? eu sigo o tarantino desde o pulp fiction, não entendo esses comentários…

  5. Pedro

    é moda no sentido em que cada vez se fala mais do tarantino, todo o tipo de revistas, jornais, toda a gente parece gostar do gajo…. acho que o kill bill é o culpado disso.

  6. Bruno Coelho

    André, tu e muita gente, mas o Tarantino fico bem mais na moda depois do Kill Bill, como disse o Pedro.

  7. the_Gathering

    Acho bem e ter exaltado o poder dos V8!
    Claro que agora, e , como dizia o Bruno Coelho, alem de aumentar ainda mais o hype do Tarantas, vai tambem crescer o preco do meu Dodge Charger. E agora e que nunca mais o tenho PQP! :P

  8. the_Gathering

    E bem podem la meter as bimbas que quiserem… se fizessem isto com o Toyota Yaris não funcionava :P

  9. ::Andre::

    A “hold tight” dos dave dee dozy beaky mick and titch não pára de rodar. “hoooold tiiiiiiiighttttt…”