Em Lisboa foi assim…

Vera Marmelo

O piano é uma perdição. Um instrumento que consegue transmitir um sentimento de perda e de ausência, mas também de pertença, felicidade e proximidade. Contudo, serão os sentimentos de melancolia e desolação, que melhor se exprimiram. Tiago Sousa, com a sua mestria, conseguiu transpor essas noções, dedilhando uma sensibilidade pura e transparente de nostalgia e tristeza, mas também de paixão.

in Ponto Alternativo

Amanhã é a vez do Porto. Mais info aqui.

Comentários

Comentar