“…estou muito feliz porque finalmente consegui vir a Portugal depois de tantos anos.”

As canções não são histórias, não são ficção. São todas profundamente pessoais.

Vai ser intenso! Sábado! O Arte-Factos esteve à conversa com a Marissa Nadler. Aqui.

Comentários

Comentar