Everything is Bigger in Texas II – California Dreamin’

O sonho pode não ser exactamente o mesmo, mas há coisas que não mudam: o facto de todos nós sonharmos, e a localização do cenário desses sonhos (in)comuns – a Califórnia.

Estou neste momento o mais enroscado possível num saco cama, deitado no chão de uma das míticas mobile homes dos trailer parks, comuns a qualquer parte dos Estados Unidos, mas esta em particular situa-se em Los Angeles. Aqui o Verão é fresco, se bem que não tão frio como San Francisco, onde estive até há uns dias atrás… Mas se calhar nenhum dos sítios é assim tão frio como isso, e eu estou mal habituado com o calor constante do Estado que aos poucos começo a identificar como “o meu”. Lá, até o calor faz questão de ser maior.

Estou também a escrever este post num iPhone, uma vez que o casal vietnamita que me acolheu não tem Internet, por isso peço desculpa pela brevidade deste texto.

Estando nos EUA há já quase 10 meses, há imensos sonhos que se realizam – principalmente o sonho de conquistar a capacidade e a liberdade de sonhar aqui todos os dias – mas há também sonhos que ficam postos de lado… Quer seja o sonho de estar presente quando a nossa irmã der à luz a nossa primeira sobrinha, ou mesmo o simples sonho de morar no Porto e poder ir à praia todos os dias, só para sentir o cheiro do mar.

Os últimos dois dias trouxeram-me ambas as alegrias – e se bem que ouvir a minha sobrinha recém-nascida pelo telefone não é viver o sonho, poder tirar as sapatilhas e correr areia fora e mergulhar no Oceano Pacífico, em Malibu Beach, é uma excelente forma de terminar um jejum de mar que já se prolongava há demasiado tempo… Everything is Bigger in Texas, até as distâncias até à praia mais próxima.

O caminho fez-me já passar pelo Grand Canyon, Las Vegas, o Sequoia National Park, San Francisco e a Pacific Coast Highway até chegar a L.A., mas ainda tenho mais uma semana pela frente. Talvez por essa altura já saiba melhor quem sou e o que é que ando a procura. E possa também mostrar umas fotos!

Para já, partilho convosco um clip de um dos meus filmes favoritos, o que serve de mais uma prequela à introdução a quem sou, o que faço, e porque é que estou aqui.

Obrigado pela vossa companhia!

Comentários

Comentar
  1. Mariana

    Nao te conheco de lado nenhum… Mas se precisares de um tecto, sofa-cama, lencois lavados e internet em Los Angeles manda-me um mail: sgardenia@gmail.com

  2. Rui Silva

    Mariana, muito obrigado, se bem que também “não te conheço de lado nenhum”! :-) Já só vi o teu comentário quando regressei ao Texas… Mas vou-te mandar um email na mesma, é sempre bom saber que se tem companhia. E quando é que vens aqui a Austin? Tecto, cama, lençóis, internet, o que precisares. Anda daí! :-)