FUI VER OS GODSPEED YOU! BLACK EMPEROR E AFINAL VI DEUS

Amílcar Rodrigues

“Peço desculpa por tudo. A guitarra está estragada e, tal como ela, o governo de Portugal, a União Europeia e o governo do Canadá”. Foi com estas palavras do baterista Aidan Girt (o tipo de 1-Speed Bike), e sob uma enorme ovação, que os GY!BE encerraram o concerto e o festival Amplifest. Uma salva de palmas tão grande que fez esquecer todos os problemas técnicos que a banda canadiana sentiu ao longo da actuação. Uma salva de palmas quase tão grande quanto aquela que se ouviu quando Efrim Menuck inspirou com um pouco mais força, ou quando o mesmo Efrim abanou um pouco a cabeça. Bastaria isto para descrever o festival, até porque fui lá praticamente para ver os anarquistas canadianos, mas acabei por gostar de outras cenas. Mas vamos por partes.

in VICE

Comentários

Comentar