Lair of the Minotaur + Capricorns + Larkin @Porto-Rio 15/06/2007

A pujança oo/

Aqui a malta do Amplificasom encontra-se afincadamente a proceder a várias diligências para que o próximo evento por nós organizado possa contar com a presença do maior trapezista do mundo, e para que possamos também providenciar gratuitamente aos presentes toda a cervejinha que consigam consumir. Uma vez que houve mais rockeiros/metaleiros do Porto a preferirem a cerveja do Testo, na noite de sexta tivemos que recorrer aos da galiza para garantir uma casa razoável. Ganhar por um lado, perder pelo outro.
É de apreciar o esforço que os LOTM e os Capricorns fizeram para cá virem tocar, apesar dos constrangimentos [Na viagem Lisboa->Porto foram parados pela policia durante 1h30m, e no dia seguinte tocavam no País Basco, tendo pela frente uma viagem de 800kms] eles ficaram muito satisfeitos por terem vindo, e o baterista de Capricorns fartou-se de elogiar a vista que estava a ter o privilégio de apreciar a partir do barco, segundo ele, se tivesse que tocar em Londres num sitio com uma vista daquelas, teria de pagar :-D.
Motivos profissionais impediram-me de assistir ao concerto de Larkin, mas pelo menos apercebi-me que o som estava muito bom, tal como esteve toda a noite, mesmo sem ter havido possibilidade para grande sound-check.

Uma vez que esta tour é partilhada, ao contrário do que aconteceu em Lisboa, foram os Capricorns a tocar em primeiro lugar. Os 50 minutos que estiveram em palco foram de uma enérgica purgação sónica que vagueou pelos diferentes estados instrumentais residentes no domínio capricorniano. Chamem-lhes Rock, Stoner, Sludge, Prog, ou Metal, a música dos capricorns é desafiante, simplista ou não, desde os momentos mais directos às passagens mais atmosféricas e intrincadas, tudo transpirou intensidade, graças à perfeita coesão com que os temas foram debitados. Quanto aos Lair ot the Minotaur, tenho que reiterar a afirmação que escrevi aqui há uns meses, foram “mais metal que a Siderurgia Nacional”. A música não é transcendental, não surpreende na originalidade, mas também não tem pretensões de o fazer, é terrivelmente eficaz e é metal como o caraças! Tocaram menos tempo do que os Capricorns [cerca de 40 minutos], mas foram buscar temas aos 2 discos e até apresentaram uma música nova, sempre a abrir, da forma mais simples e eficaz possível. Não posso negar que tal como aconteceu com a maior parte das pessoas com quem falei, a actuação dos Capricorns encheu-me mais as medidas, mas as bandas estiveram bem uma para a outra. Foi uma grande noite com grande som!

Lair of the Minotaur – nova música

Comentários

Comentar
  1. Melancolia

    Tb n compreendo a fraca adesão … Somos mesmo um país de con(tradições)… as pessoas queixam-se de não haver eventos, mas quando os há… Foi fantástica a presença dos nuestros hermanos (que vinham da Corunha), o que comprova que de Espanha sempre vêm bons ventos!

  2. ::Andre::

    Não exageremos, 91 pagantes não pode ser considerado neste evento uma fraca adesão. Quem são os Capricorns? Quem são os Lair of the Minotaur? Eu acho que foi mais uma excelente noite e sinceramente superou as minhas expectativas mesmo tendo em conta que o Porto é o que é. Capricorns foram os reis, que concertaço!!! LotM foram exactamente como dizes, não surpreende na originalidade mas é metal como o caraças. Foi pena é terem começado às 2h e notou-se que houve gente a ir embora depois dos londrinos. Anyway, obrigado aos que foram, aos que não foram, às bandas, à malta do costume sempre presente e vemo-nos em breve…

  3. Crestfall

    O nº de pessoas presentes não foi nada mau, é verdade, mas tendo em conta que:
    Era uma sexta-feira.
    Os bilhetes estavam a 6/8Euros.
    Estava bastante pessoal da Galiza.
    Estava pessoal de Viana.
    Onde é que estavam os metaleiros do Porto? Não lhes conseguimos despertar a curiosidade…

  4. Viterbo

    O pessoal da Galiza bebe bem.
    Capricorns sãos uns senhores.
    Lair… humm pois :)

  5. Melancolia

    pois 91 pagantes mas houve prejuízo… Isto só para desmistificar algumas ideias!

  6. the_Gathering

    “o que comprova que de Espanha sempre vêm bons ventos!”

    De vem em quando.

  7. ::Andre::

    Prejuízo é uma palavra forte para esta situação. É evidente que não vamos estar a falar abertamente de negócios pois muita gente lê isto. De qualquer maneira perdemos uns trocos porque respeitamos as bandas acima de tudo.

  8. Crestfall

    Oh, claro que tivemos prejuízo, eu já estava a fazer planos para umas férias à maneira, e assim vou ter que me contentar com a Austrália.

  9. Pedro

    Compreendo o encantamento do baterista de Capricorns, ele teve grande parte do concerto a fumar umas cenas que fazem rir. Eu não acho que o som estivesse lá muito exemplar mas que deu para sentir o power das bandas e curtir largo isso deu. Foi mais uma grande noite graças a vocês. Acho que a maioria do pessoal foi lá para ver Capricorns mas eu gostei de ambas as bandas. Lair of the Minotaur m/. Concordo com o André em relação à adesão, apesar de para mim ser um bom cartaz reconheço que não são bandas tão populares por cá quanto isso… 91 pagantes foi bom apesar de falarem em prejuízo…. na minha opinião organizar este concerto acarretaria sempre algum risco… Larkin não foi grande coisa. Quanto ao resto ainda levei uma tareia mais ou menos. m/

  10. Crestfall

    LOL, ele já estava encantado quando chegou. É sempre difícil saber quão popular uma banda é… Apanhaste uma tereia mas tb deste que eu bem vi, és um gajo perigoso no mosh.

  11. naSum

    Foi uma noite porreira. continuo sem perceber porque não estava mais gente, embora voces digam que nem tava mau…é certo, não conhecem lair nem capricors.. e dai ? passam a conhecer… 6 euros é muito ? há ppl que paga todas as semanas aos 10/15£++ nas discos.lol. que é feito dos metaleiros? ^_^. ganda baterista de capricorns. a rir-se que nem um louco muahahah. gostei de capricorns,(nao conhecia) embora ter algumas partes de som do qual não acho tanta piada. lair supreendeu-me. tal como crest diz… é aquilo mesmo. 3 gajos sempre a dar. + nada. larkin até nem foi mau. puxaram pelo publico e os da Galiza pareciam estar a curtir. Esperemos por um próximo evento dos amplificasom agora. de certeza la estarei =)

  12. ::Andre::

    é isso mesmo, o que interessa é que nós gostamos e foi (mais) uma grande noite. desculpem-me os mais sensiveis mas o resto que se foda oo/

  13. Crestfall

    Gostaste foi da moshada, nasum. Tu música até nem compreendes muito bem :-D

  14. Pedro

    Um gajo de boas famílias como eu já a ganhar fama de andar no mosh… tá mal. nasum pena não te ter conhecido, ou então sei quem és mas pelo nick não chego lá…. :| Pois André sem dúvida que foi uma grande noite… para a próxima abres o moshpit!!!!!!!!!!!!

  15. Crestfall

    Não o conheceste? Tenho aqui uma foto em que vocês aparecem!

  16. naSum

    lol pedro. tava ao teu lado. o andre veio pa cima da gente.lol. sou o irmão do crest =P

  17. Melancolia

    que cena gaiola :P “o andre veio pa cima da gente”

  18. ::Andre::

    hey, eu num fui para cima de ninguém. respeitinho…

    :P

  19. Pedro

    Estes concertos com cenas larilas têm que acabar!! Pois não estou a ver quem sejas… mas no próximo concerto fico a conhecer mais um membro do clã crestfall.

  20. Dolving

    “o andre veio pa cima da gente”

    im not gay but YOU ARE lol