Making of de um poster

Neste pequeno texto indico apenas algumas linhas pessoais que sigo na construção de uma peça gráfica, neste caso de um poster.
O início de um poster surge com o conceito. O conceito é dos pontos mais importantes para a criação de uma peça gráfica. Para criar um poster podemo-nos basear no universo da banda, ou então criar algo mais abstracto, há que criar algo que faça captar a atenção das pessoas. Chamar a atenção, despertar o interesse e causar desejo são lemas a usar para fazer algo apelativo.
Neste caso baseei-me no universo da banda, que ilustra a sua música com imagens espirituais e religiosas. Utilizei uma imagem de um dos álbuns e adicionei outra imagem antiga dentro do contexto imagético da banda.

Há que ter em atenção os elementos a usar, como a cor, os tipos de letra, as imagens (sejam ilustrações ou fotografias ou então desenho vectorial) e as formas.

É necessários conjugar todos estes elementos para que combinem uns com os outros, os tamanhos a localização, a cor e a forma destes elementos são necessários para o equilíbrio do trabalho final.

Neste poster inseri formas abstractas sobre as imagens, o objectivo é personalizar o trabalho final, dar-lhe um toque que o faça destacar-se.

Para dar um ar antigo e gasto do poster , nada como inserir texturas.


Na parte final aparece o texto, este deverá ter uma disposição harmoniosa com os restantes elementos, de preferência podemos fazer um alinhamento com outros elementos. Há que ter especial cuidado com a escolha dos tipos de letra e da cor dos mesmos.


Este processo nem sempre começa da mesma maneira, pode muitas vezes começar pela disposição do texto, ou pela construção de formas geométricas, ou pelas imagens, a intuição é muito importante e por vezes guia o processo.

Os objectivos finais passam por fazer uma peça bonita (lado estético) e informativa (lado funcional).

Comentários

Comentar