Monotonamente belo

monotonia
s. f.
1. Uniformidade constante de sons prolongados.
2. Fig. Falta de variedade.

Todos temos para nós que a monotonia é algo repetitivo que impede que nos impressionemos ou nos emocionemos facilmente. No fundo, quando algo é monótono é aborrecido. Isto era verdade até sábado passado. Imaginem-vos sentados de frente para o palco na sala com melhor som do Porto onde, da esquerda para a direita, David Maranha nas teclas, Manuel Mota na guitarra, Margarida Garcia no baixo (c/ arco) e Barry Weislat na maquinaria nos acariciavam com riffs minimalistas. Cada elemento, sem qualquer barreira aparente, explora o seu instrumento livremente numa viagem em que no seu todo acaba por se complementar e criar o seu próprio espaço e tempo. Uma única peça, profunda, um drone hipnótico num daqueles concertos quase únicos em que nos sentamos, ficamos imóveis e respiramos o essencial.

Comentários

Comentar