Não te deixarei morrer, Matt Pike.

No ano passado tive a oportunidade de me estrear no Roadburn. Num final de tarde já escuro encontrei o Matt Pike cá fora, sentado e sozinho, a comer algo bem quente das roulotes. Meti-lhe a mão no ombro e enquanto ele se virava agradeci-lhe pelo grande concerto que tinha acabado de ver, disse-lhe ainda que estava mais do que na hora de irem a Portugal e acrescentei “decora bem a minha cara, vamo-nos ver em breve”. Ele sorriu e atirou um “fuck yeah, take us there man”. Chegou o dia: High on Fire, HOJE, em Portugal! 1h10, Milhões de Festa, em Barcelos. Onde quer que estejam a ler estas linhas, garanto-vos que têm tempo para se fazerem à estrada e marcarem presença. Far-se-á história.

 

 

Comentários

Comentar