No limiar da transformação


Fazemos as bandas que realmente gostamos e que com vocês queremos partilhar, de outra forma a Amp não teria um propósito. Não houve, nestes 7 anos, um evento onde não tivéssemos feito um amigo ou arrepiado com um riff, mas não obstante dos Isis serem uma das minhas bandas preferidas, marcam-me também por significarem um turning point na Amplificasom. As noites de 28 e 29 de Novembro de 2009, três anos depois do primeiro concerto, significaram, sem dúvida, uma transformação. E vão 4 anos.

Comentários

Comentar