Nº2

Eis que finalmente aparece o primeiro álbum do ano digno de registo no espetro modern classic. Para quem já conhece o Nº1 da Christina Vantzou, este novo capítulo apresenta-se mais coeso, denso e maduro.

A Christina para além de compor também se mexe no meio criativo de vídeo e animação, e este primeiro vídeo oficial que espelha claramente a influência dos melhores momentos deAntichrist & Melancholia de Lars Von Trier.


Com algumas vozes a roçar Grouper mas sem ser tão monótono (que me desculpem os fãs), as composições do Nº2 demonstram bem o tempo que demorou fazer este novo registo. Não é um conjunto de melodias fáceis e contagiantes, carrega um pesar mais próximo de uma composição clássica de Giacinto Scelsi do que de uma banda sonora absurdamente bonita como o post da próxima semana.

#1 de 2014 até ao momento, a Christina Vantzou junta-se à Strië dois dos nomes, no feminino clássico, mais interessantes dos últimos anos.

Comentários

Comentar