Noites Faaaantásticas!

Sendo um noctívago e apaixonado pela NBA, foi-me aprazível acompanhar as eliminatórias que a sporttv cobriu pela madrugada fora. E se de um lado acompanhava os Dallas Mavericks, do outro lado torcia pelos Miami Heat. Foi, portanto, com grande entusiasmo (e surpresa), que vi ambas as equipas avançarem, implacavelmente, até à grande final. Pelo caminho ficaram alguns dos presumíveis finalistas, como é o caso dos Boston Celtics, San Antonio Spurs, L.A. Lakers e os Chicago Bulls. E se Miami Heat podia orgulhar-se de ter no seu plantel estrelas do mais alto calibre (Chris Bosh, Dwyane Wade e o incontornável LeBron James), Dallas apresentava uma equipa muito sólida e experiente (contando com jogadores como o Dirk Nowitzki, Jason Kidd e Jason Terry). Miami Heat representava a força da técnica, Dallas Mavericks caracterizava-se pela técnica da força. E na final assim foi. Confesso que esperava bem mais garra do conjunto de Miami, em contraste com a equipa de Dallas, que teve nos infalíveis triplos de Jason Terry e José Barea, na qualidade do passe de Jason Kidd, na disponibilidade física de Tyson Chandler e nos característicos lançamentos de Dirk Nowitzki, argumentos mais que suficientes para vencerem os Miami Heat por 4-2. Mas estou convencido que, caso Miami continue a trabalhar com todo este elenco ao seu dispor, possam ser os próximos campeões da NBA.
E vocês? Também seguem o melhor basquetebol do mundo?   

Comentários

Comentar