O Backline do Ângelo: os amplificadores Ampeg

Hoje:

Os amplificadores de baixo da Ampeg, a marca que fez um favor à malta dos graves ao criar o SVT e os seus 300 watts de potência.

Generalidades aborrecidotécnicas:

A Ampeg foi criada em Washington em 1946 e o seu primeiro produto foi um pickup para contrabaixo – o nome da empresa vem de amplified peg. Entre outras inovações, como o (alegadamente) primeiro amplificador de guitarra equipado com reverb, a Ampeg desenvolveu e lançou para o mercado em 1969 o SVT, um amplificador para baixo com circuito a válvulas e 300 watt de potência que pretendia dar resposta às necessidades de amplificação dos baixistas do fervilhante – e barulhento – movimento rock .

Algumas características do Ampeg SVT são:

– Potência: 300W all tube;

– Número de canais: 2.

– Controlos: volume para cada um dos canais, três controlos de equalização para o canal 1 e dois controlos de equalização para o canal 2;

Onde é que já os ou|vimos:

Ouvimo-los a bufar nos discos e nos palcos de um número incontável de bandas, através de baixistas como Dave Edwardson dos Neurosis, Jeff Caxide dos Isis, Al Cisneros dos Om, quem estiver a tocar baixo na altura nos Kylesa, o Joe Lally dos Fugazi,  e também de gente histórica como o Roger Waters dos Pink Floyd e o Geezer Butler dos Black Sabbath.

Até para a semana:

\m/

Comentário

Comentar
  1. Joao

    Quando for grande quero ter um rickenbacker e um ampeg (lol)… :P