O Círculo da Terra

Põe as minhas mãos no centro da tua loucura
Libertaremos o tempo da lei que o aprisiona
e saíremos para o espaço estelar sem queda
ou regresso

Faz de mim o avesso do teu partir
Juntos completaremos o círculo da terra,
possuíremos a ciência aberta
da seiva e dos cometas,
assim naturais,
compactos com a presença do mínimo

Da tua loucura cantarei versos de lúcida
transposição da morte, respirações capazes
de produzir encantamento entre as pedras

Recolheremos as constelações e os peixes,
e quando os olhares se voltarem para ver
anunciaremos um país livre de bússolas
e de mapas,

um país exacto de pássaros,

um país de auroras e violinos e tudo

[Vasco Gato]

Comentários

Comentar