O imprevisível sugerido pelo nome dos Fuck Buttons e confirmado pelo lado-b “New Crossbow”

Não haja dúvida de que uma das qualidades salientes nos Fuck Buttons é a capacidade de serem imprevisíveis. Quando esperamos mais uma investida pelo terreno do ruído atravessado por luz (uma das marcas do duo), os Fuck Buttons tiram um coelho da cartola que obriga a repensar tudo de início. “New Crossbow”, o lado-b de “Surf Solar” (o primeiro avanço de “Tarot Sport”), serve como óptimo pretexto para dar a volta à fortaleza Fuck Buttons e entrar por outra porta.

A cavalgada incessante de “New Crossbow”, movida por um ritmo tão kraut como os dedos de Hans-Joachim Roedelius, não podia ser mais franca na demonstração de uns Fuck Buttons perfeitamente desinteressados em repisar a pista escavacada por “Street Horrrsing”. Ainda que acessório, “New Crossbow” oferece novas leituras ao nome dos Fuck Buttons, que pode até ser uma forma de indicar desprezo pelo óbvio (“Que se fodam os mesmos botões de sempre!”) ou revelar as vantagens de uma camisa desabotoada (peito aberto às novas linguagens). Os Fuck Buttons de “New Crossbow” parecem essencialmente livres e isso é admirável.

Comentários

Comentar
  1. Tiago Esteves

    E o álbum? Eu tou a adorar esta merda, tem faixas épicas FDX Adoro estes gajos :D