Old Joy

Filme simples sobre dois amigos que decidem fazer um pequeno passeio… Vale sobretudo pelos cenários iluminados pela música que os Yo La Tengo criaram para o filme. Vale por alguns diálogos entre as duas personagens (uma delas é o grande músico Will Oldham, também conhecido como Bonnie “Prince” Billy). Não é memorável, mas sabe bem como qualquer passeio com alguém que nos é próximo. Depois do filme podem sacar o disco “Joya” do Will Oldham. Esse sim, ideal para muitas viagens…

Comentários

Comentar
  1. Pedro Nunes

    tiago, não tem música do grande Will, mas tem o homem em alguns momentos interessantes. O filme tem pouco mais de uma hora, vale pena.

    anauel, gostei do teu texto sobre o filme. Recomendo a quem estiver interessado numa opinião mais fundamentada. Sem dúvida que será filme para revisitar mais tarde. Para já, arranjei as músicas do Yo La Tengo para ouvir um dia destes.

  2. Apanhei os Yo La Tengo no festival MED há uns anos, completamente desprevenido. Pessoal super simpático , concerto fantástico.

  3. Tiago Esteves

    Vou tentar arranjar isto :D

    You La Tengo é que nc me puxou mto lol

  4. ::Andre::

    Luís, esse filme arranja-se facilmente online?

    Tiago: Electr-O-Pura ;)

  5. mute_suds

    Não sei se se arranja na net (eu tenho cópia directa de edição original) – mas posso fazer-te uma cópia se quiseres…

  6. ::Andre::

    Passas a vida a gravar-me cenas pá, não há dinheiro que te pague.

  7. anauel

    Muito agradecido, Pedro Nunes.

    E é como dizes, o filme não tem a música dele, mas tem-no a ele. E a mim, que sou grande, enorme, fã do tipo, basta-me. O Will Oldham tem o ar das músicas que canta, tudo nele parece ser complementar, há ali (em tudo o que o tipo faz) uma unidade muito interessante, que poucos conseguem esgalhar, e muito menos manter (e por tanto tempo…].

  8. Zito

    o ‘prince’ até tem jeito para a coisa, n está nada mal …..

  9. Pedro Nunes

    andré, eu arranjo-te isso. Aproveito e levo o teu dvd.

    mute, vou espreitar a tua sugestão. :p

    zé, ainda não vi os Yo La Tengo ao vivo, gostava..