Onde é que isto vai parar?

Lembro-me de há uns anos atrás, de estar na escola nas aulas de TIC e como na altura em casa não havia internet tinha que ser nestas aulas que podia usufruir dela.[risos]
Era então nestas aulas de 90 min que me dedicava a pesquisar bandas, novos estilos de música, tinha uma enorme liberdade, era um mundo completamente novo para mim, onde tinha contacto com tudo o que se fazia de bom no resto do mundo!
Lembro-me de começar por uma plataforma que se chamava HomeStudio, tive conhecimento desta plataforma devido a têr bandas amigas que tinham perfil e era engraçado vêrmos uma foto da banda e deixar comentários de apoio mas não passava disto!
Passado uns tempos conheci o Purevolume, aqui sim usava e abusava, eram listas infinitas de bandas que levava para casa para depois tentar arranjar o album.
As bandas tinham já uma página mais catita, várias fotos, uma ou duas músicas no perfil e dava para pesquisar por estilo e país o que era muito bom!
De repente sem saber como, apareceu a plataforma que veio revolucionar tudo, estou a falar do Myspace, foi uma porta aberta para a divulgação das bandas e de todo este mercado, havendo casos em particular que se alimentaram do myspace chegando a extremos de populuridade apenas com um EP lançado e sem editora.
Nasceu uma força, onde não era preciso quase mais nada a não ser uma bonita apresentação, boas músicas e espalhar a palavra o mais que se pudesse, sem dúvida que foi uma grande ajuda neste mercado e no “Do it your self”.
Neste momento vejo o myspace a esgotar todos os cartuxos dia após dia, suponho que nunca irá morrer mas questiono-me que next big thing vem por aí? BANDCAMP será?
Aceitam-se sugestões e opiniões!

Comentários

Comentar