Outono boreal

Aprecio os momentos distintos que todas as estações nos dão, mas o Outono é especial. O pôr-do-sol pincela o céu com umas cores únicas, as árvores tingidas, o prazer de ouvir o estalar de uma folha quando a calcamos, as primeiras chuvas e o cheiro a terra que elas libertam, a temperatura arrefecida mas agradável… E têm que concordar quando digo que há álbuns que só batem no Outono: o Venice do Fennesz, o Everyone Alive Wants Answers da Colleen, Black Earth dos Bohren Und Der Club Of Gore, Hex dos Earth, Stories from the City Stories from the Sea da PJ Harvey, qualquer um do MGR, 55:12 dos Gregor Samsa, Heartache dos Jesu, Televised dos Calla, When I Live by the Garden and the Sea do Eluvium, Spiderland dos Slint, todos dos KTL, Harmony in Ultraviolet do Tim Hecker… Chega? Agora vocês.

Comentários

Comentar