Palavras para quê?

Sinceramente, nem são as poucas horas de sono que me impedem de partilhar mais. É mesmo isto: as 170 pessoas que lá estiveram presenciaram e sentiram algo completamente diferente e tá feito, não há que acrescentar ou tentar explicar mais nada. Obrigado aos Bukkake (e ao Timb Harris que foi músico convidado), à Priscila e à Fernanda, ao Cardia pelas fotos em cima e, claro, a todos vocês que lá estiveram. Noites assim não se comentam, vivem-se.

Comentários

Comentar