Problemas com distros?

Queria desde já agradecer ao André, pelo convite endereçado para participar durante o mês de Junho neste blog. É com bastante orgulho e satisfação que irei mandar alguns “bitaites” por aqui.

Como sei que a maior parte do pessoal que frequenta este blog é, não só ouvinte, mas também comprador de discos, gostaria de saber quais as más experiências que já tiveram. A internet veio possibilitar um maior número de opções para compra de discos com infindáveis alternativas, mas também trouxe alguns problemas, em que algumas distros não tem o menor profissionalismo. Já vos aconteceu algum problema em que ficaram a arder?

A minha mais recente experiência foi com a Beta Lactam que edita inúmeros discos de Nadja. Em Setembro do ano passado, optei por comprar 2 edições limitadas que iriam sair da banda. Meses e meses passados, achei que já não fazia sentido a espera. O contacto foi bastante complicado com uma enorme falta de postura por parte da editora, que não teve a capacidade para enviar um mail a dizer que as edições tinham sido adiadas, isto quando já tinham do lado deles o dinheiro. Quase um ano depois um dos discos continua sem edição e a muito custo há cerca de uma semana, devolveram-me o dinheiro. Acredito que em muitos casos, nem seja esse o caso, em que impulsionadores da indústria como nós, ficam não só a arder com o dinheiro, mas também sem os discos que queriam. Felizmente são muito mais as boas experiências do que as más.

Digam de vossa justiça.

Comentários

Comentar
  1. Adriano

    Eu até hoje acho que nunca tive más experiências de compras online. Desde o Serenades (anathema) e Mind Wars (holy terror CD) que comprei em 95 em CD (primeira compra online) que compr (demasiada) música online.

    Um fenómeno interessante é os pre-orders. Ainda hoje pensei para comigo que nos últimos tempos já cancelei uns quantos pre-orders quando tive acesso ao mp3:

    Mastodon (2009) – Crack the Skye

    Red Sparowes (2010) – The Fear Is Excruciating, But Therein Lies the Answer (não me puxou a quere possuir o original)

    Jo?nsi (2010) – Go (demasiado mau para ser verdade)

    Outro fenómeno interessante foi que as remisturas do Oceanic quando sairam eram complicadissimas de arranjar, e só me chegaram 2 LP's quando encomendei através de uma loja cá de coimbra, e há uns meses, após tanto tempo comprei os que faltavam sem qq dificuldade.

    O que gosto mesmo é comprar discografias completas quando se encontra uma bandas daquelas :D

  2. Tiago Esteves

    Tb gosto de ter discografias completas, mas em alguns casos de bandas com muitos álbuns e raridades, torna-se complicado.

    Eu faço bastantes pre-orders e até ao momento nc cancelei nenhuma. Já ouvi o de Jonsi e não achei nd de especial..bom, para ser semelhante a Sigur Rós não valia mto a pena ter criado este áçbum.

  3. dan.te.

    Felizmente nunca tive problemas com qualquer encomenda. Até do Japão mando vir música e, até hoje, ñ há dedos a apontar.

  4. Filipe

    Eu mandei vir dia 13 de abril 2 cds dos kylesa, do site da editora, a prothestic ou la o que é, e ainda hoje não recebi nada, ando a trocar mail e muito bla bla e nada… Até agora tem sido o unico problema que tive com encomendas.

  5. Luís

    Aqui à uns anos, mandei vir da relapse um hoodie de mastodon, passaram-se meses a fio, mandei mail a dizer que não tinha recebido e apenas me responderam que tinham enviado e que nada mais podiam fazer, pedi o comprovativo do envio e respoderam que tinha sido enviado mas que não tinha sido sem registo e daí sem número de tracking.
    Sem isso fiquei sem o dinheiro, sem o hoodie, e eles sem um cliente e mais alguns a quem eu contei a história e que passaram a preferir comprar merchandising por outros meios.

  6. Luis

    Luis, a grande maioria das distros avisa que envio ao risco do consumidor nao se reponsabilizando por perdas ou danos causados pelo transporte postal. E em geral avisam tambem que nao envia com registo ou tracking e se o cliente tiver medo das tais perdas ou danos deve ser ele a solicitar um envio "mais seguro" e pagar a diferenca.

    Claro que ha distros que mesmo avisando de tal re-enviam os items que os clientes dizem nao ter recebido – mas ha que perceber a posicao das distros tambem.

  7. Scapegoatt

    Eu também faço algumas compras on-line. A duas mais recentes foram dois discos pela Tee Pee records, e a edição especial limitada dos P.Tree – Anesthesize. Desta ultima fiz mesmo seguro porque foi bastante cara, e não quis arriscar. No entanto tb nunca tive problemas.

  8. ps

    Cai no erro de tentar aproveitar saldos de fecho da Portuguesa Simbiose para meter na estante algumas coisas que já devia lá ter há muito. Ficaram-me com 86 euros e nunca vi a encomenda. -_-