Quanto ganham os músicos portugueses?

O blog Marginalizante, após consulta neste site do governo, chama a atenção para alguns dos cachets de bandas ou músicos portugueses (alguns de qualidade bastante duvidosa) em diversos concertos por esse Portugal fora. Recuso-me a opinar, fica aqui a lista:

Mariza, €68.232, Albufeira
Marco Paulo, €63.957, Albufeira
Per7ume + Peso Certo + Padre Borga + Banda Êxito, €54.630, Nazaré
Xutos & Pontapés, €44.000, Gondomar
Prince Wadada + Cool Hipnoise + Riddim Culture Sound System, €30.544,41, Loulé
Rui Veloso, €28.600, Elvas
Da Weasel, €28.200, Lagos
Luís Represas, €26.000, Faro
Fernando Tordo e Orquestra Stardust, €24.500, Maia
David Fonseca, €23.815, Gondomar
Luís Filipe Reis + José Malhoa, €21.650, Santiago do Cacém
Marco Paulo, €20.400, Lagos
Fernando Tordo e Stardust Orquestra, €20.000, Lamego
Clã, €19.800, Lagos
Anjos, €18.000, Alandroal
Cristina Branco, €18.000, Lagos
Ala dos Namorados, €16.300, Quarteira
Emanuel, €15.502, Odemira
Fado com Flamenco e Napolitanas, €14.500, Alandroal
Marco Paulo, €14.000, Elvas
Nuno da Câmara Pereira, €14.000, Lamego
Fingertips, €13.500, Lamego
Strava Gantza Hits, €13.500, Lagoa
Fernando Caro e Charanga La Banda de Brallan, €13.000, Alcoutim
EZ Special, €12.000, Lamego
Roberto Leal, €12.000, Elvas
Susana Félix, €12.000, Lamego
Gonçalo Salgueiro, €10.000, Matosinhos
Hands on Approach, €10.000, Alandroal
Quim Barreiros, €10.000, Lamego
Ana Moura, €9.750, Elvas
Mesa, €9.750, Alandroal
Los Cubanitos, €9.600, Vila do Bispo
Joana Amendoeira, €8.750, Montemor-o-Novo
Wraygunn, €8.400, Lagos
Micaela, €8.316, Albufeira
Clã, €8.000, Abrantes
Clã, €8.000, Famalicão
José Alberto Reis, €8.000, Elvas
Los Players, €8.000, Lamego
Per7ume, €7.650, Coruche
Mind da Gap, €7.000, Estarreja
Camané, €7.000, Abrantes
Dealema, €6.600, Albufeira
Quim Barreiros, €6.250, Elvas
Banda de Gaitas Os Chaneiros, €6.000, Lamego
Pedro Barroso, €6.000, Portimão
Bico d’Obra, €3.750, Quarteira
Isabel do Valle, €3,750, Albufeira
Orquestrea Típica Nacional da Venezuela, €2.100, Alijó
Sons Tropicais, €1.818,75, Quarteira
Ricardo Soler, €1.000, Albufeira
Carlos Coelho, €500, Albufeira
Soraya Rodrigues, €343,75, Albufeira

Comentários

Comentar
  1. naSum

    PQP. Com esse dinheiro já dava para trazer cá grandes nomes lol

  2. Crestfall

    Xutos & Pontapés, €44.000, Gondomar!
    O festival que nós organizavamos…

  3. Tiago Esteves

    é uma tristeza. No fundo, coitada Soraya Rodrigues…lolol

  4. Scapegoatt

    Sempre ouvi dizer que o Quim Barreiros só aceita pagamento em nota batida. Sera verdade? =)

  5. ::Andre::

    Também ouvi dizer isso scape, mas nem me interessa. E atenção: eu não sou contra orçamentos culturais, acho bem que haja dinheiro para se gastar em concertos, etc (a definição cultura aqui é outra coisa e verdade seja dita, terá sempre que haver pimbalhada). O que eu sou contra é à falta de oferta, se temos Quim Barreiros à pala, no mês seguinte devíamos ter Opeth, a seguir Sakamoto e por aí fora. É o nosso dinheiro e está mal empregue por preguiça das nossas autarquias.

  6. João

    Banda de Gaitas Os Chaneiros, €6.000, Lamego

    n sei mas estes gajos parecem ser trve kvlt ../

  7. Scapegoatt

    André, tem havido poucas, mas algumas iniciativas engraçadas. Assim de repente lembrei-me de a Camara de Vizela trazer Dead Man, e Paatos (2 vezes) por exemplo. Mas isso deve ser pelo facto de existir alguem com bom gosto musical lá dentro. Na Casa da Musica, enquanto trabalhava lá uma certa pessoa no departamento de programação (Ana Póvoas) tinhamos esperanças de ver mais bandas que todos nos gostamos. Isto são apenas opiniões obviamente. Resumindo, as Câmaras apostam naquilo que o povo português gosta, pimbalhada. Nós somos uma minoria. Nos somos….the underground.

  8. ::Andre::

    Nós conhecemos a Ana, é presença assídua nos concertos Amplificasom. Mas, atenção que a Casa da Música não é do estado.

  9. Crestfall

    >”a Camara de Vizela trazer Dead Man, e Paatos (2 vezes)” bem visto, e eu nunca cheguei a ver Paatos :-\

  10. Scapegoatt

    Paatos tb abriu para The Gathering no Hard Club. Pena não teres visto. Ambas as actuações foram mt boas.

  11. Scometa

    Eu vi Paatos em Vizela, foi assim uma cena muito estranha. Mas o concerto foi muito porreiro.

    Quanto a estes cachets, nada que me admire. Faltam aí, por exemplo, os 25.000€ que a câmara de Vale de Cambra deu para por UHF a tocar nas festas da terra. Quando esta banda está mais que acabada.

    O interior de Portugal continua traumatizado com estas merdas, concordo que se tragam as cenas pimba pro meu pai dançar, mas a verdade é que também há malta no interior que gostava de ver outras coisas.

  12. Saturnia

    é verdade sim, Berto!! penso que a cena em Vizela ou Vouzela (confundo sempre os dois sítios) foi organizada pelo pessoal que organiza o festival de rock progressivo =)

  13. Saturnia

    costuma-se dizer que pagamos o nome/marca e inerente à mesma encontra-se a qualidade… essa lista e esses cachets simplesmente dão-me a volta ao estômago… como diz o meu pai “mais vale sustentar um burro a pao-de-ló”.

  14. Scapegoatt

    Foi mesmo em Vizela Sophia =) Consegui apanhar a banda toda para me autografarem o “Silence of Another Kind” :P Tipos simpaticos….

  15. Saturnia

    Sim eu estive lá!!! Alias, em ambos!! HC e Vizela =) Sim, pessoas bastante acessíveis!

  16. Crestfall

    Eu sei, eu vi Gathering, mas o que apanhei de Paatos é o mesmo que não ter visto nada.

  17. SOMUSICA

    Os Músicos Portuguese deviam, se pudessem, fazer greve geral, Um Verão sem acompanharem ninguém que lhes pagasse menos de 1.500€, por espectáculo.
    Cachet’s de 30, 40, 50, 70.000€, pagos por Câmaras, o que quer dizer, por todos nós, em que os´Músicos, ganham 350/400€, é uma VERGONHA.
    VAMOS TORNAR OS MÚSICOS MAIS RESPEITADOS E, RECONHECIDOS.
    SEM MÚSICOS, NÃO HÁ, CANTORES, NEM AGENTES “ARTÍSTICOS”,
    VAMOS CRIAR UM MOVIMENTO PARA NOS DEFENDER E VALORIZAR…