Recomendação sonora: Mulatu Astatke

Acabei de ver um post no Bolachas e é o álbum perfeito para o fim-de-semana que aí vem. Nascido na Etiópia mas criado nos states e Inglaterra, Mulatu é considerado o pai do ethio-jazz. Pensem numa mescla entre o jazz, funk e salsa com pitadas árabes e dá para ter uma ideia. Há uma malha deliciosa no filme Broken Flowers do Jarmusch, se o viram já sabem do quê que estou a falar. Por aqui é mesmo isto que vai rodar.

Comentários

Comentar
  1. António Matos Silva

    este gajo é um verdadeiro senhor do world jazz, essencial. ouve o álbum dele com os heliocentrics :)

  2. ::Andre::

    Foi exactamente com o Inspiration Information que o conheci (tirando o tal tema do filme) :)