Russian Circles: três semana depois

Porto, Portugal
Today’s show is in the center of town in an old train station that’s been converted into this really modern, almost museum-like venue. The promoter here is super-awesome as well, and he brought a cake to celebrate our fourth show together. Good vibes all around tonight. The only drawback is that I don’t play very well. We’re so far along on this tour that I’ve started mixing things up, playing things a little differently, just trying to keep things interesting on my end. Tonight, those little changes don’t work so well. But Dave and Mike have a great set, so it winds up being a nice trade off after last night.

Brian Cook in Line Out

Querido Brian,
Não sei o que te levou a pensar isso, mas o Hard Club nunca foi uma estação de comboios. Foi sim um mercado construído em 1885 para substituir o da Ribeira. O nome do mesmo homenageia José Ferreira Borges, um político portuense que esteve na génese da implantação do regime liberal em Portugal. Já agora, pela mesma altura, surgia em frente o jardim Infante D. Henrique cuja estátua do navegador aponta caminho para os descobrimentos portugueses. Somos pequeninos, mas mais de meio mundo já foi nosso.
Explicaremos-te estas coisas, com ou sem bolo, quando passarem por cá pela quinta vez. Até lá queremos que saibas que, se o concerto te correu mal, acredita que ninguém reparou. E sim, é sempre um grande prazer estar convosco. Good vibes all around indeed.

Comentários

Comentar
  1. Pedro Nunes

    “I love Portugal and Spain. They’re not our biggest or most profitable markets…” ah ah
    Este espécie de diário meio queixolas e tal até é uma leitura porreira. ;)