Saddleback – Night Maps [Preservation 2007]

Os Saddleback são Australianos e chegam-nos com um disco repleto de recortes e samples – colagens de Jazz minimal desorganizado e estilhaçado. Fazem o cruzamento com a Folk artesanal a lembrar Bexar Bexar ou os Kammerflimmer Kollektief no seu “noise” repleto de pormenores. Jazz liberto em câmara lenta de uma qualquer banda sonora, swing ambiental e a efusão de vários instrumentos. Electrónica borbulhante, orquestrações em miniatura e uma faceta sonora obcecada pelo detalhe. Os Saddleback são estimulantes como Beirut, cada música esconde novos sons, novos instrumentos, fanfarras envergonhadas… Night Maps é um disco que se ouve num bar vazio que está quase a fechar, numa noite sem ninguém, onde os músicos tocam para os poucos que solitariamente se afogam nas mesas e no álcool… melhor disco de jazz-e-outras-coisas do ano.

Ouvir: Saddleback – For Crying Out Loud
Ouvir: Saddleback – Shot Through

Comentários

Comentar
  1. ::Andre::

    achei piada aos beirut mas não me estimularam :P

    gostei da review sr. pedro, tenho que espreitar isto pelo menos no myspace da banda… se o tiverem…

  2. Crestfall

    Bela descrição, pedro. Gostei. Não arranjas nada mais completo? :-)

  3. Pedro

    ahahaha

    João só conheço o primeiro disco de Beirut e gosto daquilo. O novo ouço para o ano…

  4. naSum

    tão porque não ? pela critica achei piada. eu gosto de misturas malaicas lol.