Sic Alps – U.S. EZ (Siltbreeze, 2008)

A América está tomada pelos ácidos. Uma série de bandas agarrou-se às guitarras e o rock volta a ser igual a rude. É verdade que os Sonic Youth continuam a iluminar esta malta toda. No entanto, há sangue novo nas guelras. The Hospitals, Sic Alps, No Age, Eat Skull são alguns nomes que nos fazem sorrir por o rock continuar a ser duro e libidinoso. O duo Sic Alps delira com os vários pedais (sobretudo o do fuzz). Usa o noise como rebeldia dos tempos de juventude. Quase caem na tentação do Lo-fi, porque afinal o mais importante é mesmo tocar. Descobrem a melodia em temas lentos onde pavoneia sujidade. Sabem que os Pink Floyd no início tiveram umas visões maradas, os My Bloody Valentine criaram as melhores baladas de um amor lixado e os Jesus and the Mary Chain serão sempre a melhor banda sonora do baile para aqueles que só querem chegar à parte sexual. Parece fácil, tem estilo e é aconselhável a que tentem isto em casa.

Pela informação disponível no site da banda, os Sic Alps irão regressar a Portugal este ano.

Comentários

Comentar
  1. Pedro Nunes

    Não sei se é coisa para gostares. Espera pelo concerto deles em Portugal.

  2. amebix

    Pedrito grande texto,para alguém com graves problemas de alcoolismo e sanidade mental até consegues escrever em condições.
    Concerto para não perder,pois claro.

  3. ::Andre::

    Ouço mais lá para a frente, mas gostei do anterior.

  4. Pedro Nunes

    amebix, lol. Ainda vais ser internado primeiro do que eu.

    Também quero ver Wooden Shjips.