Spiritualized em reedição

São raros, muito raros os discos que são avaliados com nota máxima (10) pelo exigente Pitchfork. Foi o que aconteceu agora com a reedição – edição de coleccionador – do álbum “Ladies and Gentlemen We Are Floating in Space” (lançado originalmente em 1997) dos Spiritualized.
A banda do ex-Spacemen 3, Jason Pierce, construiu, de facto, uma obra ímpar no rock contemporâneo com os devaneios psicadélicos e as paranóias místicas do líder da banda.Ler a crítica aqui.

Comentários

Comentar
  1. Hélder Costa

    Pelos vistos esta reedição vem com uma capa toda 5 estrelas :)

  2. ::Andre::

    Nunca entendi a adoração pela Pitchfork, parece que uma nota alta é uma conquista para a banda e uma audição obrigatória para o leitor. Nunca gostei de notas nas críticas, pontuar um disco ou o quer que seja é um exercício fútil. Mas sim, este álbum é uma obra ímpar :)

  3. Adriano

    Dificilmente os rótulos e críticas são fúteis. Os números traduzem uma quantificação da emoção de quem está a tentar descrever o que sente ao ouvir determinado álbum. Ajudam sempre, com o devido contexto, se o álbum merece ou não uma oportunidade para quem procura, ou no oposto fazer as pessoas pensar duas vezes face à opinião pessoal.

    Se alguém que eu valorizo o gosto/opinião dá um 10 a um álbum que não conheço, a única acção fútil é não partir à descoberta.

    Sobre a pitchfork, é um pouco como a amplificasom, é das poucas que merece crédito apesar de algum hype natural quando se encontram pessoas que gostam ou tentam gostar das mesmas coisas, por influência ou apenas por que sim.

    Parabéns pelo teu trabalho andré.
    a,