Split Cranium ou como um gajo vê as merdas a acontecer

28 de Novembro de 2009. Backstage do Incrível Almadense. Era a estreia dos Isis em Portugal, a primeira de duas datas que a Amplificasom e a Prime Artists tiveram o privilégio e o orgulho de organizar.

O líder da banda de Panopticon estava descansadinho a ler um BD qualquer, o soundcheck estava feito e era tempo de relaxe… até que os finlandeses Circle, que se juntaram à tour nessa precisa noite, começam com os preparativos daquilo que ia ser o concerto. Era ver então o Sr. Aaron Turner e restantes elementos a olharem uns para os outros fixamente com cara de espanto, a largarem uma gargalhada e tudo à volta e a correrem para assistir a tal momento. Os olhos sorriam por causa do que se estava a assistir, uma banda sem qualquer barreira sonora ou estilística, que literalmente se adora ou se odeia. Não há meio termo.

Dois anos e pico depois e nunca por acaso, Aaron junta-se a Jussi Lehtisalo para um projecto (com mais dois escandinavos) chamado Split Cranium. O LP está mesmo aí a sair e a sinopse promete:

Split Cranium is the new old-school crust punk/hardcore quartet helmed by ex-Isis mainman Aaron Turner, now of Mamiffer, and Jussi Lehtisalo of longtime Finnish shapeshifters Circle and Pharaoh Overlord. Their self-titled debut LP, out March 20 via Hydra Head, is an invigorating pile of hyperspeed riffs, d-beats, raw full-throttled vocals, and the occasionally epic noise detail.

E porque nunca é demais recordar, as fotos do concerto do Porto do nosso Jorge Silva aqui.

Comentário

Comentar
  1. J Veiga

    lolol essa performance dos Circle foi, sem dúvida, inesquecível xD que personagens