The Angelic Process – Weighing Souls With Sand [2007]

Há uns tempos atrás, uma notícia que rejubilava em antecipação da edição do novo álbum dos the Angelic Process despertou a minha curiosidade. Não me lembro de ter ouvido falar deles anteriormente, e fiquei a saber que já por aí andam há uma data de anos. Na altura, como ainda não se arranjava o novo álbum, tratei de coisar o anterior, mas vá-se lá saber porquê não o cheguei a ouvir.
Quando me deparei com este disco [3º álbum] e o pus a tocar, 5 minutos foram suficientes para antever que o conteúdo aqui esculpido seria realmente algo do meu agrado. É um daqueles discos que contêm os atributos necessários para me agarrar desde os primeiros instantes. Com uma combinação sónica que se orienta por diferentes pólos emocionais, a referência a nomes como Gosflesh, Swans, Nadja, My Dying Bride, Boris, My Bloody Valentine, Mono e Neurosis, ilustra a magnitude da experiência sensorial que se consegue extrair daqui. A forma como os instrumentos se fundem num vasto manto embaciado, criando composições em que quase todas as texturas mais cintilantes se encontram camufladas por entre as densas camadas de distorção pintadas a tons de cinzento, resulta numa atmosfera com uma aura simultaneamente majestosa e opressiva. A manipulação das vozes e da precursão enquanto as torna vibrantes, também as soterra na turbulência dos drones, obrigando-as a clamar em manifestações gritantes por uma réstia de espaço que lhes é concedido nas passagens mais etéreas, antes de serem novamente repelidas pela lenta cadência dos impenetráveis riffs.
Já é um dos discos do ano! Agora vou tratar de conhecer a restante discografia.

Comentários

Comentar
  1. Filipe

    Mt bom msm, fiquei extremamente admirado quando o ouvi pela primeira vez, aquela intensidade, aqueles ambientes. N conhecia a banda, saquei pura e simplesmente por curiosidade, e fiquei fa, o resto da discografia tbm é bastante bom, mas para mim este é o melhor!

  2. ::Andre::

    TAmbém foi o meu primeiro contacto com banda e tal como o filipe saquei-o após ler uma descrição qualquer. Ainda bem que o fiz, este já é mesmo um dos álbuns do ano.

    Crest, já mandavamos vir o original não?

  3. Pedro

    Crest boa rev. Também já tenho por aqui o disco mas ainda não ouvi…

  4. Crestfall

    Eheh mandavamos, mas aquilo deve vir dos USA, não?

    Ouve pedro, vais gostar :-)

  5. naSum

    tb quero mandar vir uns cd´s crest depois falamos -.-

    PS: SIM BOSTA ( que já sei que ias perguntar algo parecido )